Campanha Fiat 500 C1.2 Lounge 69 cv

Fiat 500

  • Entrada inicial: 2.476€ (c/ IVA)
  • Prazo de 48 meses e 10.000 km/ano
  • Manutenção preventiva e corretiva
  • Veículo de substituição
  • Pneus ilimitados
  • Seguro de danos próprios
  • Imposto único de circulação (IUC) incluído
  • Seguro de recondicionamento
  • Garantia financeira
  • Garantia Total Premium

Estou interessado

Para mais informações ligue 808 22 22 22
24h/365 dias, preço chamada local

Contrato de Renting LeasePlan, prazo 48 meses, total 40.000kms. Inclui: manutenção (preventiva e corretiva); pneus ilimitados; veículo de substituição: 1 dia/ano (manutenção); 10 dias/evento (avaria); 10 dias/evento (sinistro); 60 dias/evento (roubo); IUC; seguro de danos próprios com franquia de 4% (RC 50.000.000€); ocupantes 7.500€/750€); Garantia Total Premium e seguro de recondicionamento no valor de 500€ + IVA; garantia financeira (assegura a perda pecuniária face ao fim de contrato em caso de perda total). Imagem não contratual. Stock limitado. Contrato sujeito a aprovação da LeasePlan. Oferta válida para Portugal Continental.


Esclareça as suas dúvidas

  • De quem é o automóvel no contrato de renting?
    o Embora seja o Cliente a escolher o automóvel que quer conduzir, a propriedade do mesmo é da empresa de renting, que por meio de uma renda mensal o coloca à disposição do Cliente para sua total utilização 

    Embora seja o cliente a escolher o automóvel que quer conduzir, a propriedade do mesmo é da empresa de renting que, por meio de uma renda mensal o coloca à disposição do cliente para sua total utilização. 

  • O que acontece se fizer mais ou menos quilómetros em relação aos inicialmente contratados?

    O contrato de renting especifica um preço por quilómetro. O acerto de quilómetros é sempre calculado quando um contrato termina. No final do contrato será acertado o valor do suplemento ou dedução por quilómetro e multiplicado pela diferença entre os quilómetros facturados e percorridos, originando um crédito se estes forem inferiores àqueles e um débito se ocorrer o inverso.

  • O que acontece se deixar de ser sócio no decorrer do contrato?
    o No final do contrato tem as seguintes opções:
    Devolver o automóvel à empresa de renting, com a possibilidade de contratar um novo;
    Prolongar a duração do seu contrato;
    Solicitar a compra do automóvel à empresa de renting

    Deixando de ser sócio ACP deixa de ter os benefícios associados a essa condição, passando a deixar de usufruir do desconto contratado, mas mantendo todos os serviços até ao fim do contrato. 

  • Um contrato de renting pode ser modificado ou cancelado?
    o No final do contrato tem as seguintes opções:
    Devolver o automóvel à empresa de renting, com a possibilidade de contratar um novo;
    Prolongar a duração do seu contrato;
    Solicitar a compra do automóvel à empresa de renting

    Pode, a qualquer momento, ser alterada a duração, o número de quilómetros inicialmente contratados e a inclusão de serviços adicionais, com a correspondente retificação do valor da renda mensal. Existe sempre a possibilidade do contrato de renting ser cancelado antecipadamente, nos termos do contrato. 

  • O que acontece no final do contrato?
    o No final do contrato tem as seguintes opções:
    Devolver o automóvel à empresa de renting, com a possibilidade de contratar um novo;
    Prolongar a duração do seu contrato;
    Solicitar a compra do automóvel à empresa de renting

    No final do contrato tem as seguintes opções:

    • Devolver o automóvel à empresa de renting, com a possibilidade de contratar um novo
    • Prolongar a duração do seu contrato
    • Solicitar a compra do automóvel à empresa de renting
  • Que obrigações tem o contratante de um renting de automóveis?
    o No final do contrato tem as seguintes opções:
    Devolver o automóvel à empresa de renting, com a possibilidade de contratar um novo;
    Prolongar a duração do seu contrato;
    Solicitar a compra do automóvel à empresa de renting

    O cliente tem a obrigação de liquidar a renda periódica e zelar pela adequada utilização e manutenção do automóvel.

    O condutor do automóvel em regime de renting tem o dever de proceder de forma diligente, tal como se fosse o proprietário do automóvel. Entre outros, deverá:

    • Verificar a pressão e estado geral dos pneus
    • Verificar os níveis de óleo e água
    • Realizar qualquer manutenção preventiva (de acordo com indicações do fabricante) ou corretiva que o automóvel necessite
    • Dar conhecimento à empresa de renting de qualquer incidência que afete a boa conservação do automóvel
    • Caso o prazo justifique, levar o automóvel à Inspecção Periódica Obrigatória
scroll up