Como ultrapassar em segurança

Um guia que ajuda a evitar acidentes

As ultrapassagens fazem parte do quotidiano dos automobilistas. Mas por ser uma das manobras mais perigosas da condução, é essencial saber ultrapassar em segurança. Esta manobra é aprendida na escola de condução, mas as pressas tendem a menosprezar as regras de segurança. Ainda se lembra como deve ser feito de forma correta? E o que ter em conta no momento da ultrapassagem? É permitido ultrapassar o limite de velocidade nesta manobra? Neste artigo, relembramos-lhe tudo. Mas se quer cumprir tudo de forma exemplar sugerimos-lhe o Curso de Atualização de Código.

O que significa uma ultrapassagem?

Considera-se uma ultrapassagem sempre que se passa um veículo que circula à frente e na mesma direção, mas a uma velocidade menor. Além dos veículos, também se ultrapassam ciclistas ou outros utilizadores da estrada.

Por que lado se deve sempre ultrapassar?

Em Portugal, a ultrapassagem deve ser sempre efetuada pela esquerda. Contudo, de acordo com o Instituto da Mobilidade e dos Transportes, existem exceções:

  • Devem ultrapassar-se pela direita os veículos ou animais cujo condutor, assinale devidamente a sua intenção de mudança de direção para a esquerda, ou numa via de sentido único parar ou estacionar à esquerda, desde que, em qualquer caso, tenha deixado a parte mais à direita da faixa de rodagem livre.
  • Podem ultrapassar-se pela direita os veículos que transitem sobre carris, desde que estes não utilizem esse lado da faixa de rodagem e:
    • a) Não estejam parados para entrada e saída de passageiros.
    • b) Se estiverem parados para a entrada e saída de passageiros, exista placa de refúgio para peões.

Pode exceder-se o limite de velocidade numa ultrapassagem?

Ao ultrapassar, o limite de velocidade estabelecido para aquela via não pode ser excedido sob pena de pôr em causa a segurança e incorrer numa contraordenação.

A ultrapassagem de um ciclista é igual à ultrapassagem de um automóvel?

Sim, na medida em que a ultrapassagem deve ser feita também pelo lado esquerdo. Por outro lado, ao ultrapassar em segurança um velocípede, deve ter em consideração que lhe deve dar o mesmo espaço que daria se o mesmo fosse um carro. Ou seja, não deve ultrapassar a uma distância próxima do ciclista. Não se esqueça que a passagem do automóvel vai causar impacto na aerodinâmica da bicicleta. Por isso, não deve ultrapassar a velocidades elevadas. O mesmo acontece quando efetuar uma ultrapassagem a quem circula de cavalo. Nestes casos, tenha ainda em atenção que não deve utilizar sinais sonoros, de modo a não assustar o animal.

Pode efetuar uma ultrapassagem a 2 ou mais veículos seguidos?

Pode. Contudo, para ultrapassar em segurança dois veículos seguidos, deve cumprir determinadas condições:

  • Garanta que a faixa de rodagem no sentido oposto é suficientemente visível para ultrapassar de forma segura.
  • Identifique se há espaço adequado à frente do último veículo que pretende ultrapassar.
  • É necessário ter boa visibilidade.
  • Verifique que o condutor do veículo atrás de si não pretende ultrapassá-lo.

Em que casos não deve ultrapassar?

De forma a manter a segurança rodoviária de todos os utilizadores da estrada, os condutores não podem ultrapassar nestes casos:

  • Nas lombas, exceto se houver duas ou mais vias de trânsito no mesmo sentido.
  • Imediatamente antes das passagens de nível e durante a sua travessia (exceto se houver duas ou mais vias de trânsito no mesmo sentido).
  • Imediatamente antes dos cruzamentos e entroncamentos (exceto se houver duas ou mais vias de trânsito no mesmo sentido).
  • Imediatamente antes e nas passagens assinaladas para travessia de peões.
  • Em curvas com visibilidade reduzida.
  • Locais com visibilidade reduzida.
  • Locais em que a largura da faixa de rodagem seja insuficiente.
  • Sempre que outro veículo já esteja a efetuar a manobra de ultrapassagem (exceto se houver duas ou mais vias de trânsito no mesmo sentido).

Regras para ultrapassar em segurança

Para efetuar ultrapassagens em segurança, siga sempre estas recomendações:

  • Verifique se é permitido ultrapassar

Não pode pisar um traço contínuo. Se o fizer, está a infringir o Código da Estrada, podendo ser multado.

  • Verifique se tem visibilidade suficiente

Consegue ver para lá do veículo que vai ultrapassar? É seguro? Não ultrapasse se não tiver boa visibilidade.

  • Confirme se tem espaço depois do veículo que vai ultrapassar

Há espaço suficiente para a sua viatura entre a que vai ultrapassar e a que está mais à frente? Não deve ultrapassar caso não tenha este espaço. E não se esqueça que não pode obrigar a viatura que vai ultrapassar a abrandar a marcha.

  • Tenha em mente as capacidades da sua viatura

O desempenho do veículo depende, em certa medida, da carga que transporta. Se for mais carregado do que o normal, pondere este pormenor, pois pode perder velocidade a meio da ultrapassagem ou demorar mais tempo a efetuar a manobra.

  • Não ultrapasse ao mesmo tempo que outra viatura

O espaço mais à frente pode ser suficiente apenas para um dos veículos e não para os dois. Além disso, ao ultrapassar ao mesmo tempo do que outra viatura, deixa de ter boa visibilidade.

  • Verifique os espelhos retrovisores

Tenha a certeza que a via está livre para poder ultrapassar em segurança, pois pode ter uma viatura num ponto cego. Além disso, se o veículo atrás de si já tiver sinalizado a intenção de o ultrapassar, não deve iniciar a ultrapassagem.

  • Sinalize todas as manobras

Quando for ultrapassar, sinalize a manobra com a respetiva luz de direção (o “pisca”). O mesmo deve ser feito quando entrar de novo na sua via.

O Código da Estrada na ponta da língua 

Mais do que tirar a carta, importa aprender a conduzir. Este é o lema das escolas de condução ACP: transmitir aos alunos as regras de segurança rodoviária, de forma consciente, responsável. Se já é um condutor experiente, mas sente que precisa de atualizar conhecimentos e alterações ao Código da Estrada, o ACP sugere-lhe o Curso de Atualização de Código. Lembre-se: a segurança rodoviária é essencial na estrada.

Ainda não é sócio ACP?
Descubra as vantagens

scroll up