Sabe quando tem de mudar a bomba de água do seu carro?

Sinais a que deve estar atento para evitar problemas

Ao abrir o capô do carro, consegue identificar a bomba de água? Trata-se de uma pequena peça acionada por uma correia, podendo ser ou não a do alternador. A sua função é simples: fazer circular o líquido refrigerante no motor, com o objetivo de evitar o seu sobreaquecimento.

No entanto, o seu mau funcionamento pode trazer sérios problemas para o veículo – a falta de substituição do líquido refrigerante de acordo com o plano de manutenção do fabricante é um exemplo suficiente para pôr em causa a saúde do motor – e um grande peso para a sua carteira, pois pode originar danos no sistema de refrigeração da viatura, cujo arranjo pode  chegar a milhares de euros. O carro costuma dar sinais de que algo se passa. O importante é ouvir.

Com a ajuda deste guia saiba o mais importante sobre a bomba de água do seu automóvel.

A que sinais devo estar atento?

  1. Perda de água
    Este costuma ser o sinal mais comum. Um motor a pingar pode ser sinónimo de uma fuga no vedante da bomba de água. Em grande parte dos casos, o próprio desgaste da bomba costuma a origem do problema. Solução: consulte o seu mecânico para saber, de acordo com o manual do seu veículo, como se efetua a troca da bomba de água.

  2. Painel de instrumentos
    Se a bomba não estiver em boas condições, aparecerá a luz vermelha de temperatura no painel de instrumentos do carro. Neste caso, o melhor é parar a viagem de imediato e enviar o veículo para a oficina.

  3. Barulho do motor
    Barulhos fortes e irregulares são normalmente sinais de problemas. A lógica é semelhante aos casos indicados acima e passa por enviar o mais depressa possível o carro para a oficina, pois pode evitar o início de um sério problema.

As bombas de água são todas iguais?

Não. Tal como nos carros, a evolução tecnológica também se verifica nas bombas. Atualmente, os automóveis já incluem uma bomba de água elétrica com o objetivo de prestar apoio à bomba mecânica principal.

Este auxílio acontece principalmente quando se desliga o carro e é retirada a chave da ignição: há certas alturas em que o motor ainda está muito quente e a presença de uma bomba elétrica no circuito de arrefecimento, alimentada pela energia armazenada na bateria do carro, ajuda a regular a temperatura e evitar futuros danos.

Os carros com sistema start-stop são bons exemplos, uma vez que o propulsor é desativado nas pequenas paragens, prolongando a vida útil do motor. Saiba mais sobre o funcionamento deste sistema.

 

E se a bomba deixar de funcionar? 

Caso o seu veículo apresente sinais de falhas, procure uma oficina de modo a evitar que os problemas se agravem. Os Serviços Rápidos ACP prestam um conjunto de serviços de manutenção automóvel com a confiança de mecânicos credenciados. E se for sócio ainda tem 30% de desconto em material. 

Conheça os Serviços Rápidos ACP
Saiba mais

scroll up