Sordo imparável na Sardenha

|AUTOCLUBE

O espanhol da Hyundai está a marcar o ritmo, enquanto Suninen surpreende em 2º. Líder Evans é quinto, e Campeão Tänak oitavo.

SordoIta01

O Rally da Sardenha, inicialmente previsto para o início de junho, mas adiado para o fim deste mês, acabou por ir hoje para a estrada depois de ser antecipado para evitar coincidência de datas com o GP de Fórmula 1 de Itália e a verdade é que se está a revelar uma ronda surpreendente.

Após um início mais tímido, com o terceiro tempo, Dani Sordo colocou o pé a fundo e depressa deu início ao ataque à liderança. A vitória no segundo troço permitiu-lhe logo a subida ao intermédio do pódio e, depois de uma passagem mais conservadora por Tempio Pausania 2, o espanhol da Hyundai levou de vencida as restantes três classificativas do dia.

Uma prestação que lhe valeu a subida à liderança da geral na 4ª classificativa e terminar a etapa com uns respeitáveis 17,4 segundos de margem sobre o rival mais direto.

Enquanto isso, Teemu Suninen também está a surpreender. O jovem finlandês começou forte, com a liderança ao cabo dos primeiros 12,8 km cronometrados de Tempio Pausania 1, mas acabou depois por baixar um pouco o ritmo, chegando mesmo a ser cronometrado com apenas o quinto registo na SS4. Precisamente o troço em que o piloto da Ford acabou por perder a liderança para Sodro, ainda assim conta também ele com mais de 17 segundos de vantagem.

Atrás dele surge Thierry Neuville. O belga não está a ter uma época fácil, e o arranque deste Rally da Sardenha não foi diferente, com o oitavo tempo a deixar antever mais uma jornada complicada. Contudo, o piloto da Hyundai melhorou depois o ritmo para recuperar posições de forma paulatina e, apesar de ter deixado o motor calar-se num gancho na SS5, e de ter perdido cerca de seis segundos, Neuville conseguiu acabar o dia no mais baixo do pódio, se bem que com apenas 0,8 segundos de vantagem para Sébastien Ogier.

Um desfecho algo inesperado para o gaulês que começou o rali de forma regular, com tempos entre o segundo e o quarto lugares. Só nos últimos dois troços do dia é que o piloto da Toyota perdeu mais ritmo. Ainda assim, o atraso para o pódio é quase nulo e os próximos dias prometem animada luta.

A fechar a lista dos cinco primeiros está o líder do Campeonato do Mundo. Elfyn Evans, que ainda venceu SS3, tem vindo a apresentar tempos muito diferentes, oscilando entre a prestação da segunda passagem por Tiempo Pausania 2 e um oitavo tempo, o que já representa um deficit de 51,9 segundos para a frente da tabela classificativa. Seja como for, ao piloto da Ford basta controlar a concorrência para manter a liderança no Campeonato.

Em oitavo, e de novo com dificuldades, tal como em todas as jornadas até ao momento, está o Campeão do Mundo Ott Tänak. O estónio começou o rali de forma algo errática, com resultados entre os nono e 13º tempos, e só no final logrou melhorar. Algo que o deixa quase dois minutos da frente e com muito trabalho a fazer para poder recuperar pontos no Campeonato.

scroll up