Oliveira foi sexto em Austin

|AUTOCLUBE

Piloto ACP voltou a pontuar, desta feita com o sexto lugar, e consolida terceiro lugar no Campeonato do Mundo de Moto2.

Miguel Oliveira sexto no Texas

Com 19 voltas aos mais de 5.500 metros do Circuito das Américas, Miguel Oliveira terminou hoje na sexta posição a terceira prova do Campeonato do Mundo de Moto2.

Partindo na sétima posição o piloto da KTM assumiu o sexto posto logo nos primeiros metros de corrida, segurando a posição até ao momento em que Mattia Pasini caiu na Curva 1, isto quando estava iniciada a sétima volta de corrida.

Miguel Oliveira subiu então ao quinto lugar e sem conseguir chegar ao quarteto da frente, por força de uma menor velocidade de ponta da sua KTM que o levava a perder cerca de três décimas em cada passagem pelos 1.200 metros da reta mais longa do circuito, o piloto de Almada mantinha atrás de si Dominique Aegerter até ao início da 13ª volta, altura em falhou a entrada para a Curva 1 e caiu para sexto, onde acabou por terminar a corrida e, com isso, somar mais dez pontos ao seu pecúlio de 2017.

"Foi uma corrida dura. Sabíamos desde ontem que o nosso ritmo não era o melhor - pelo menos para lutar pela vitória. Comecei muito bem e consegui mesmo aproximar-me da frente da corrida, mas a verdade é que não era suficientemente rápido. Não os conseguia apanhar, tinha o meu ritmo nos 2m10 altos mas não conseguia atingir os 2m10 baixos. Quando me apercebi de tal fiquei contente por defender a quinta posição. Infelizmente falhei uma passagem de caixa na entrada para a primeira curva e o Aegerter passou-me. Tentei reagir durante um bocado mas não estava suficientemente perto para o ultrapassar," comentou Miguel Oliveira na despedida do continente americano e já com o pensamento na próxima ronda do campeonato em Jerez de La Frontera.

"Globalmente este foi um fim-de-semana importante para reunir informação sobre a moto e descobrir pontos onde podemos melhorar. Continuamos a trabalhar de forma intensa. Agora vamos para a Europa e para pistas das quais temos mais informação e onde já andámos mais vezes. Temos que manter a cabeça levantada, o trabalho que estamos a fazer é muito bom." referiu igualmente o piloto da KTM ainda no 'paddock' do Circuito das Américas.

Com três rondas do campeonato realizadas Miguel Oliveira está na terceira posição da classificação geral com 43 pontos. A próxima prova do calendário realiza-se dentro de duas semanas em Jerez de La Frontera naquela que será a primeira prova do ano em solo Europeu.

scroll up