Brabec lidera pleno da Honda na 10ª especial

|AUTOCLUBE

A Honda não deu qualquer hipóteses aos rivais ao garantir pódio na tirada de hoje, à frente de 3 KTM e com Joaquim Rodrigues de novo no Top 10.

SS10-Brabec

Domínio absoluto da Honda nesta 10ª etapa que ligou Neom a Al-Ula num total de 342 km cronometrados. Kevin Benavides partiu ao ataque e assumiu as primeiras despesas até ao primeiro controlo de passagem, ao km45, momento a partir do qual perdeu andamento.

Mas nada estava perdido para a marca nipónica, com José Ignácio Florimo a assumir a liderança do colega de equipa logo depois, mas por pouco tempo. Ao terceiro controlo de passagem, ao cabo de 126 km, nova troca de posições na frente, de novo com a Honda, desta feita com Ricky Brabec.

O Campeão em título, que teve uma primeira semana menos positiva, está a mostrar-se muito forte nesta fase final e depois de assumir a liderança não mais a perdeu até final para garantir a segunda vitória e quarto pódio consecutivo neste Dakar ao terminar com 3h12m33s.

Enquanto isso, atrás dele terminou Joan Barreda. O espanhol partiu sétimo e depois e ser cronometrado em quarto no primeiro controlo de passagem, subiu ao pódio para se manter por aí até final e ascender ao segundo posto já nos último 60 km competitivos para terminar a 3m15s da frente.

fechar o pódio acabou por ficar Benavidades. O argentino debateu-se com algumas dificuldades após o primeiro controlo de passagem, chegando a rodar em nono, mas depois conseguiu recuperar de forma gradual para terminar com 5m11s de atraso.

Já Joaquim Rodriguês voltou a marcar presença no Top 10. O piloto da Hero não teve tarefa fácil, partindo de 13º e chegando mesmo a rodar em 18º, mas recuperou terreno para garantir a 10ª posição, a 16m24s de Brabec.

Em termos de geral, Benavides continua em primeiro, mas Brabec agora a 51 segundos de distância e Florimo, que terminou a jornada em 11º, a fechar o pódio dominado pela Honda, a 1m07s da frente. Rodrigues é 12º, a 1h47m42s do primeiro.

scroll up