Renault Mégane é agora elétrico

|AUTOCLUBE

Com 218 cavalos e cerca de 470km de autonomia o novo Mégane elétrico está preparado para enfrentar a concorrência.

Megane-Eletrica---900

A distância entre eixos foi alargada para os 2,70 m e o comprimento total é de 4,21, o que só foi possível devido a uma nova plataforma modular CMF-EV. A bateria é mais fina (apenas 110 mm), o que significa que os designers puderam refinar as proporções exteriores, ao mesmo tempo que aumentaram a relação entre o espaço interior e as dimensões exteriores e ainda baixaram o centro de gravidade, para garantir uma experiência de condução ainda mais divertida e entusiasmante.

O motor pesa apenas 145 kg (com embraiagem incluída), ou seja 10% menos do que o do ZOE. É capaz de chegar aos 160 kW (218 cv) de potência e 300 Nm de binário e conta ainda com quatro níveis de travagem regenerativa. Nesta versão a aceleração dos 0 aos 100km/h é cumprida em apenas 7,4 segundos. Existe ainda a opção do novo Mégane E-TECH Elétrico vir equipado com um motor de 130 cv e 250 Nm.

O novo Mégane E-TECH Elétrico foi equipado com um sistema otimizado de travagem regenerativa. Sempre que o automóvel trava, a bateria recupera um pouco de energia, mas para uma abordagem verdadeiramente eficiente da gestão de energia independentemente da forma como o automóvel é utilizado. Existem duas opções, uma de 40 kWh com 300km de autonomia (no ciclo WLTP) ou uma de 60 kWh de 470 km (no ciclo WLTP).

Segundo a marca os períodos de carregamento estimados são os seguintes, até 400 km de condução mista, recuperados durante a noite (8 horas), com uma wallbox de 7,4 kW. Até 160 km de condução urbana, recuperados em 1 hora, numa estação de carregamento pública de 22 kW. Até 200 km de autoestrada, recuperados em 30 minutos, com um posto de carregamento rápido de 130 kW. Até 300 km WLPT, recuperados em 30 minutos, com uma estação de carga rápida de 130 kW.

O novo Mégane E-TECH Elétrico pode equipar ainda jantes de 20 polegadas (18 polegadas na versão de entrada) e vem com a opção de escolha entre dois desenhos de jantes de 20 polegadas e dois de 18 polegadas, mas com todas a ostentarem o novo logótipo Renault ao centro. No interior a iluminação ambiente é totalmente em LED e baseada nos ciclos circadianos naturais do corpo humano de 24 horas, para otimizar o bem-estar dos ocupantes. A iluminação no habitáculo é obtida através de faixas de luz ao longo do tablier, painéis das portas e da base do smartphone, embora diferindo entre o dia e a noite e mudando de cor a cada 30 minutos.

scroll up