Vitória de Neuville na festa do título WRC de Tanak

|AUTOCLUBE

O piloto da Hyundai venceu o Rali de Espanha, mas a grande festa foi feita por Tanak que venceu a Power Stage e terminou em 2º.

Neuville-Espanha-Final---840

Está tudo decidido em relação ao título de pilotos do WRC 2019. Ott Tanak é o novo campeão, depois de uma atuação em crescendo nas estradas da Catalunha. Para que não houvesse dúvidas, o piloto da Toyota até venceu a Power Stage, somando mais 5 pontos e saltou para o 2º lugar do pódio espanhol, batendo Dani Sordo por 4 décimas de segundo. Quanto a Thierry Neuville, cumpriu a sua obrigação, vencendo pela primeira vez em Espanha e dando também à Hyundai o primeiro triunfo em território espanhol.

Desde muito cedo que Neuville apostou no triunfo, bem apoiado por Sordo e por Loeb, que protegeram o piloto belga e ocuparam durante muito tempo os três lugares do pódio. Mas Tanak não queria adiar mais a questão do título, impondo um ritmo demolidor ao Toyota Yaris, num decisivo 2º dia de prova, rematando com uma excelente performance na Power Stage, que lhe valeu ainda ultrapassar Dani Sordo na classificação geral, saindo de Espanha com o tão desejado título de pilotos do WRC 2019.

Neuville venceu com 17,2 segundos de vantagem para Tanak e 17,6 para Sordo, deixando fora do pódio Sébastien Loeb que chegou a comandar o rali espanhol. O piloto francês da Hyundai ficou a 53,9 segundos de Neuville, seguido pelo Toyota de Latvala a 1m00,2. A M-Sport Ford ocupou a 6ª posição com Evans a 1m14,2 e o 7º lugar com Suninen a 1m47,6, seguidos por Ogier que não conseguiu melhor que o 8º lugar a 4m20,5 de Neuville, dizendo adeus ao título de campeão do mundo de ralis.

A Citroen, que não conseguiu resultados positivos em Espanha, nem com Ogier, nem com Lappi, “vingou-se” na categoria WRC 2, alcançando uma dobradinha. Mads Ostberg venceu com 22,6 segundos de vantagem para Eric Camilli, ambos em Citroen C3 R5. Os Skoda Fabia de Kopecky e Rovanpera, classificaram-se nas posições seguintes.

O WRC 2019 fecha na Austrália entre 14 e 17 de novembro, com o título de pilotos já entregue a Ott Tanak, restando apenas decidir quem será o vencedor entre os construtores, com a Hyundai e a Toyota a discutirem este importante título. No WRC 2 o campeão de 2019 é Kalle Rovanpera. Depois do Rali de Espanha, Tanak é campeão totalizando 263 pontos, seguido por Neuville com 227 e por Ogier com 217 pontos, ficando em aberto para a Austrália a luta pelo 2º lugar no WRC 2019. Entre os construtores, a Hyundai está na frente com 380 pontos, enquanto a Toyota totaliza 362. A Citroen está no 3º lugar com 284 pontos e a M-Sport Ford no 4º lugar com 218 pontos.

scroll up