Ordens de equipa dão vitória a Hamilton

|AUTOCLUBE

Valtteri Bottas tinha tudo para uma justa vitória em Sochi, mas ordens de equipa ditaram vitória de Lewis Hamilton.

hamilton rus

Bottas tem boas recordações de Sochi, onde se estreou a vencer em Grandes Prémios no ano passado, mas o piloto da Mercedes teve de acatar as ordens de equipa, mesmo depois de ter assinado soberba pole position no sábado.

O piloto estava em busca da primeira vitória da época, mas foi instado pela equipa a ceder a posição do colega de equipa Hamilton para este conseguir aumentar ainda mais a vantagem na frente da luta pelo título. E o pedido surgiu mesmo ainda antes de metade da corrida estar completa.

O finlandês acedeu sem contestações, sacrificando a glória pessoal a favor de um resultado que, não seu manteve a invencibilidade da Mercedes em Sochi, como também permitiu a Hamilton aumentar a vantagem sobre Sebastian Vettel no Campeonato para uns impressionantes 50 pontos depois deste ter cruzado a linha de meta em terceiro.

Hamilton, que perdeu terreno nas boxes e se viu forçado a passar Vettel em pista a caminho daquela que acabou por ser a sua terceira vitória em Sochi, elogiou depois o cavalheirismo de Bottas, tal como também o patrão da Mercedes, Toto Wolff,o fez.

Atrás dos três primeiros terminou Max Verstappen – que celebrou hoje o seu 21º aniversário. O piloto recuperou de 19º da grelha para quinto em apenas oito voltas e chegou mesmo a liderar a prova aquando das idas às boxes, mas viu-se depois relegado para quinto, atrás do segundo Ferrari de Kimi Raikkonen, mas à frente do colega de equipa na Red Bull, Daniel Ricciardo.

Charles Lecrec (Sauber), Kevin Magnussen (Haas) e a dupla da Force India, Esteban Ocon e Sergio Perez, completaram o Top 10.

scroll up