Fórmula E estreia-se com corridas noturnas na Arábia Saudita

|AUTOCLUBE

A competição de monolugares elétricos vai seguir o exemplo de outros campeonatos e vai também contar com uma ronda noturna.

FE-noite

Vai ser já nesta época de 2020/21 que a Fórmula E vai levar a cabo a sua primeira corrida noturna. Uma estreia precisamente no ano em que a competição ascende ao estatuto de Campeonato do Mundo.

A disputar na cidade de Diriyah, Património Mundial da UNESCO no meio do deserto da península arábica, a ronda dupla dos próximos dias 26 e 27 de fevereiro promete ser histórica não apenas por ser a primeira prova da Fórmula E disputada de noite, mas também pela tecnologia que vai ser usada. Isto porque o traçado vai ser totalmente iluminado por tecnologia LED de baixo consumo e fazendo uso de energia totalmente renovável.

Esta aposta do Campeonato do Mundo de Fórmula E nos LED vai permitir uma poupança de energia de 50% face a outros tipos de tecnologia. A isto junta-se a produção energética que será levada a cabo através de um óleo vegetal hidrogenado certificado de alto rendimento e baixo carbono produzido através de materiais sustentáveis.

“Estamos muito orgulhosos por esta parceria com a Arábia Saudita para levarmos a cabo a primeira corrida noturna da Fórmula E,” afirmou Alberto Longo, cofundador da competição de monolugares elétricos. “Acredito que a corrida vai ser espetacular e que levará a um tipo de ação que não vimos antes. Como em tudo o que fazemos, a nossa primeira preocupação foi como tornar esta visão realidade de forma sustentável. Antes de inovarmos o nosso produto de competição temos de estar certos que podemos manter os padrões de sustentabilidade eu nos impomos,” rematou.

scroll up