A vida não é parte de um carro

Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada

FIA-memoria-840

A vida humana não pode ser substituída como uma peça de uma máquina. Porque a vida não é parte de um carro, o Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada, que hoje se assinala, tem por base esse lema.

O Automóvel Club de Portugal associa-se a este dia evocativo, juntamente com a Federação Internacional do Automóvel. 

Todos os anos, 1,35 milhões de pessoas morrem na estrada e entre 20 e 50 milhões ficam gravemente feridas. Números que crescem consideravelmente se tivermos em conta os familiares e amigos destas vítimas.

Mas não basta recordar. A segurança rodoviária tem que ser uma prioridade de todos. O ACP e a FIA fazem-no diariamente, trabalhando em parceria com outras entidades de forma a mobilizar e envolver todos para esta causa.

O Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada é mais uma oportunidade para garantir que a mensagem por estradas mais seguras seja ouvida em todo o planeta.

Partilhe a mensagem #WDoR2019.

scroll up