Produção auto em Portugal sobe 55% mas continua abaixo de 2019

|AUTOCLUBE

Quebra nos primeiros 5 meses de 2021 face aos níveis pré-pandemia superior aos 12%. Fabricadas 136 mil viaturas até maio. 

prod-auto-mangualde

A produção de automóveis aumentou em maio 54,6% para 24.688 veículos, face ao mesmo mês de 2020, mas caiu 23,6% em relação a maio de 2019, segundo dados da ACAP – Associação Automóvel de Portugal.

Já no acumulado dos cinco primeiros meses deste ano foram produzidos 136.097 veículos nas fábricas instaladas em Portugal, mais 44,2% do que em igual período de 2020, mas menos 12,4% face aos primeiros cinco meses de 2019. Segundo a associação do setor, “é importante relembrar que o impacto da pandemia nas fábricas portuguesas foi muito forte”.

Apenas em maio, foram produzidos 20.100 veículos ligeiros de passageiros, mais 53,5% face a maio de 2020 e menos 25,1% face ao mesmo mês de 2019. Ligeiros de mercadorias foram produzidos 4.255, neste caso mais 62,4% em relação a maio de 2020 e menos 10,4% face ao mesmo mês de 2019. De veículos pesados foram produzidos 333 em maio, mais 32,7% do que em maio de 2020 e menos 53,6% do que em maio de 2019.

Segundo a ACAP, em 2021, 98,3% dos veículos fabricados em Portugal foram para exportação, sobretudo para a Europa (87,1%). Os países para que Portugal mais exporta automóveis são Alemanha (15,4%), França (14,5%), Itália (14,0%) e Espanha (11,9%).

Quanto à montagem de veículos pesados, em maio foram montados 14 veículos, menos 89,6% face ao mesmo mês de 2020. No acumulado entre janeiro e maio, foram montados 106 veículos pesados, menos 66,3% face ao mesmo período do ano passado. A ACAP disse ainda que “pelo quinto mês consecutivo apenas foram montados veículos pesados de passageiros” e que 30,2% dos veículos montados foram exportados para a Alemanha.

scroll up