Tavira

A 2 km do mar

Guia de viagem ACP
Tavira

GPS:

37° 7' N 7° 39' O

Viagem

De Lisboa: 303 km

Do Porto: 573 km

De Faro: 30 km

Um símbolo:

Muxama de atum

Momento zen:

Pôr-do-sol sobre a Ria Formosa depois de um dia de praia.

Porquê Tavira?

Esta é uma cidade que tem de tudo. Património histórico, praias, rio, a Ria Formosa, gastronomia e boas gentes. Tavira é a localidade representativa em Portugal da Dieta Mediterrânica, Património Cultural Imaterial da UNESCO. No interior, há um mundo completamente diferente da cidade e da praia por descobrir, com pomares de citrinos, amendoeiras, medronheiros e até cascatas de águas límpidas. Num raio de 10 quilómetros, há um sem fim de lugares paradisíacos à sua espera. Do lado da Ria Formosa, Parque Natural de indiscritível beleza, com os seus canais e ilhas, há praias a perder de vista, muitas com acesso por barco ou por pequenos carris como a do Barril. Na cidade há ruínas fenícias, mais de três dezenas de igrejas, uma ponte romana, um castelo com muralhas milenares e histórias e lendas de princesas mouriscas.

Poisos junto ao rio e à Ria

A história da presença árabe respira-se em cada esquina de Tavira. Serve também de inspiração para o Vila Galé Tavira*, unidade localizada no centro da cidade, com vista para o rio Gilão. Junto à praia, o Vila Galé Albacora*, um eco-hotel em plena Ria Formosa consiste num projeto de recuperação das antigas casas dos pescadores de atum. É também nesta unidade hoteleira que fica o Núcleo Museológico da Pesca do Atum.

Para uma refeição inesquecível não deixe de visitar o Restaurante Mouraria**, localizado na Pousada de Tavira, antigo Convento de Nossa Senhora da Graça. Aqui não faltam as iguarias da região, como a tradicional muxama de atum, carapaus alimados, tiborna de polvo ou a típica caldeirada de peixes. Para a sobremesa, o Mouraria faz questão de ter na carta um “pijama” dos doces e sabores tradicionais de Tavira, num best of que inclui um brownie de alfarroba, cremoso de figo, crumble de amêndoa e gelado de medronho.

*10% desconto ACP sobre melhor tarifa disponível em alojamento

**10% desconto ACP sobre a carta de almoço

Um passeio pela história

Ao percorrer as ruas de Tavira, passamos em revista o passado da cidade. Desde a muralha fenícia e castelo medieval, à Igreja de Santa Catarina, reconstruída após o terramoto de 1755, à ponte romana sobre o Girão, pedonal após as cheias de 1989, pelas casas renascentistas da Rua dos Pelames, e o Mercado Municipal, onde além do peixe fresco que chega todas as manhãs podemos adquirir artesanato, doçaria regional, licores de medronho, compotas e frutos secos.

Não deixe também de conhecer a Câmara Obscura de Tavira. Localizado no antigo depósito de água de Santa Maria, aqui tem uma vista de 360° sobre a cidade, através de uma câmara fotográfica gigante, composta por um espelho e lentes.

Em busca dos sabores mediterrânicos

Tavira é a localidade representante nacional da Dieta Mediterrânica. E no restaurante A Ver Tavira, além de poder, como o próprio nome indica, experimentar especialidades da região, há ainda workshops de cozinha, sob a égide do chef Luís Brito.

Mas se quiser ir às “origens”, de algumas destas especialidades, como o peixe, nada como soltar amarras e contactar a Blue Captures*, empresa de atividades de pesca desportiva, e zarpar a bordo do Evader, embarcação completamente equipada para um dia de pesca inesquecível.

*10% desconto mediante apresentação do cartão ACP

Praias da ilha

Virados para o mar surge a Ria Formosa e as Ilhas de Tavira e de Cabanas. Com 11 quilómetros de extensão, a ilha de Tavira é a mais próxima da cidade, e inclui a Praia de Tavira, Praia da Terra Estreita, Praia do Barril e a Praia do Homem Nú. A maior parte destas praias só são alcançadas de barco, com exceção da Praia do Barril, em frente a Pedras d´Él Rei, famosa pelo seu mini-comboio. À entrada desta praia existe um “cemitério” de âncoras que serve de memória à pesca do atum, entretanto abandonada na década de 1950. A Ilha de Cabanas, com uma extensão de areia de 7 quilómetros, é também acessível por barco quando a maré não permite a travessia a pé.

São praias de água quente, com a natureza da Ria Formosa ali mesmo ao lado, com restaurantes e bares de apoio à vida de praia.

Outras perspetivas

Na direção oposta ao mar, na serra de Tavira, há muitos recantos para descobrir. Um dos mais procurados é a cascata do Pego do Inferno, em Santo Estevão. No Verão, é possível que o caudal de água não seja tão abundante. As águas límpidas da lagoa formada pela cascata são uma boa alternativa a um dia de praia. Outra boa forma de descobrir o interior de Tavira é de bicicleta, através de uma operadora como a Abílio Bikes. Pode simplesmente alugar uma bicicleta ou aventurar-se num dos diversos trilhos disponíveis, como a Rota das Colinas, que explora as margens do rio Séqua em plena serra de Tavira.

Outra alternativa diferente para um passeio é descobrir a Ria a cavalo com a Tavira Equestrian Tourism. Esta empresa organiza passeios a cavalo pela Ria Formosa, com a vantagem de não ser necessário ter experiência, uma atividade ideal para crianças.

A não perder

Segredos da Ria

É um dos “segredos” da região. O Fialho, em Luz de Tavira, é pouco mais do que uma grelha e uma cozinha numa garagem, mesmo que com uma vista deslumbrante para a Ria Formosa. A espera pode ser demorada, o que diz muito da procura deste restaurante. Chegue cedo para degustar com calma uns chocos à algarvia, ostras, amêijoas, peixe fresco e o “famoso” arroz de lingueirão.

Criatividade à mesa

Começou por ser um modesto restaurante em Cabanas de Tavira. Hoje é um dos mais procurados do país por quem gosta de comer bem e procura o que de melhor a região tem para oferecer. O Noélia e Jerónimo tem na criatividade da chef Noélia a sua mais-valia para se diferenciar dos outros. Criatividade e talento em pratos como o ceviche de ostras, cavalas alimadas, arroz de carabineiros ou canja de amêijoas – todos os pratos têm um toque pessoal de quem conhece os produtos como ninguém. Aconselha-se a reserva antecipada, de preferência mesmo antes de chegar ao Algarve.

Tacadas entre a serra e o mar

Os adeptos do golf não podem deixar de visitar o campo de golfe Benamor. Desenhado por Sir Henry Cotton, está envolvido entre a serra e o mar, a poucos quilómetros de Tavira. Além do green, o Benamor dispõe ainda de um campo de prática, clubhouse, restaurante e loja.

Um dia em Tavira

9h30

Aproveite para percorrer as ruas mouriscas de Tavira, visitar o castelo e a Igreja Matriz.

10h30

Dê um salto à Câmara Obscura para ter uma perspetiva 360° da cidade.

12h

Fique a conhecer o Convento de Nossa Senhora da Graça e aproveite para almoçar no Restaurante Mourisca.

14h

Vá de barco à ilha de Tavira e aproveite a excelente praia.

17h

Aproveite para conhecer a Ria num passeio a cavalo.

19h

Jantar com direito a pôr-do-sol e sabores mediterrânicos.

Itinerários:

Itinerário 1

Tavira – Cachopo – Corte João Marques – Martim Longo – Vaqueiros – Tavira

Visite o património existente em Tavira, Cachopo, Corte João Marques, as antas nas imediações e as casas circulares da zona da serra. Na volta, passe por Martim Longo e Vaqueiros, no concelho de Alcoutim

Total – 119 km

Tempo de percurso – 2 horas e 55 minutos (tempo de condução)

Estradas – nacionais e municipais

Itinerário 2

Tavira – Stª Catarina da Fonte do Bispo – Moncarapacho – Stº Estêvão – Tavira

Visite o património existente em Tavira, Stª Catarina da Fonte do Bispo, Moncarapacho, no concelho de Olhão. Ali perto, suba ao Monte de S. Miguel onde se desfruta de uma bela paisagem de toda a costa algarvia. Siga para Stº Estêvão e regresse a Tavira –descanse numa esplanada da Praça da República, apreciando o antigo mercado e o quiosque.

Total – 46,7 km

Tempo de percurso – 53 minutos (tempo de condução)

Estradas – nacionais e municipais

Itinerário 3

Tavira – Conceição – Cabanas – Stª luzia – Luz – Tavira

Visite o património existente em Tavira, Conceição e Cabanas, onde se pode apanhar barco para a Ilha de Tavira. Não deixe de visitar a freguesia de Stª Luzia e a da Luz, com a sua Igreja Manuelina.

Total – 30 km

Tempo de percurso – 34 minutos (tempo de condução)

Estradas – nacionais e municipais

Itinerário 4

Tavira – Várzeas de Vinagre – Úmbria – Tavira

Visite o património existente em Tavira, Várzeas de Vinagre, Úmbria – neste itinerário, em plena serra, a Norte de Tavira, poderão ser encontradas algumas das destilarias artesanais que produzem as aguardentes de medronho e figo.

Total – 37 km

Tempo de percurso – 49 minutos (tempo de condução)

Estradas – nacionais e municipais

Itinerário 5

Tavira – Ilha de Tavira – Praia do Barril

Itinerário para ser feito, em parte, a pé, com a visita da Ilha de Tavira, o cemitério de âncoras, as antigas casas de apoio dos pescadores, hoje transformadas em apoios de praia e as dunas, para além de observar as várias espécies de aves que ali abundam.

Total – 7 km

Tempo de percurso – 7 minutos (tempo de condução)

Estradas – nacionais e municipais

scroll up