Ferrari Roma é o regresso à Dolce Vita

|AUTOCLUBE

A época dourada que a capital italiana viveu nos anos 50 e 60 inspirou o mais recente desportivo da marca do cavallino rampante.

Ferrari-Roma-840

A marca italiana acaba de desvendar a sua última criação: o Ferrari Roma, um GT com motor V8 que presenta um design totalmente inovador para a casa de Maranello. Assente na mesma plataforma do Portofino, este novo modelo foi inspirado na Cidade Eterna, concretamente na época dourada que viveu, entre os finais dos anos 50 e início de 60. A chamada Dolce Vita, quando a capital italiana era um dos principais centros da vida social e cultural na Europa.

Foi com base neste conceito que a marca criou um desportivo de linhas elegantes e intemporais, que não são habituais na Ferrari. Um dos traços mais notórios vai para a forma da grelha e os faróis, mais rasgados, e colocados numa posição mais baixa. A silhueta do Roma também surpreende pelo seu desenho limpo, sem adornos, que termina numa “linha de ombros” elevada e que dá lugar a uma traseira poderosa.

O novo GT da Ferrari está equipado com um motor V8 de 3,2 litros de cilindrada que desenvolve 620 cv de potência e acelera dos 0 aos 100 km/h em 3,4 segundos, ou dos 0 aos 200 km/ em 9,3 segundos atingindo uma velocidade máxima de 320 km/h.

scroll up