Tanak não deu hipóteses no Rali do Ártico e entra na luta do WRC

|AUTOCLUBE

O piloto estónio da Hyundai controlou os acontecimentos e até a combatividade do jovem finlandês Kalle Rovanpera da Toyota.

Tanak-artico-final-840

Ott Tanak controlou os bancos de neve do Rali do Ártico e conquistou uma importante vitória. A correr em casa, Rovanpera foi 2º classificado a 17,5 segundos do vencedor, estragando a dobradinha à Hyundai e passando para a liderança do WRC 2021. Thieeery Neuville levou o outro Hyundai ao 3º lugar a 19,8 segundos de Tanak e apenas a 2,3 segundos de Kalle Rovanpera. A Hyundai colocou três carros nos cinco primeiros lugares, mas é a Toyota que lidera o campeonato de construtores.

Apesar de muito jovem, com apenas 20 anos, Kalle Rovanpera demonstrou classe de campeão em troços que tão bem conhece. O piloto finlandês da Toyota venceu a Power Stage e até queria vencer em casa, mas apanhou pela frente um Tanak frio e objetivo, que vincou desde o princípio querer triunfar no Rali do Ártico, para não perder a luta pelo campeonato. Quem foi surpreendido pelas neves do Ártico foi Sébastien Ogier, que ontem saiu de estrada e ficou preso num banco de neve, levando da Finlândia apenas 1 ponto, referente ao 5º lugar da Power Stage.

Se Tanak não deu hipóteses, Rovanpera bateu Neuvillle por escassa diferença e o irlandês Craig Breen cumpriu ao colocar o terceiro Hyundai na 4ª posição a 52,6 segundos do vencedor e 8,9 segundos à frente do Toyota de Elfyn Evans, que foi o 5º classificado na Finlândia a 1m01,5 do vencedor. Noutra luta entre a Hyundai e a Toyota e também entre jovens pilotos, Takamoto Katsuta no Yaris WRC levou a melhor perante o i20 WRC de Oliver Solberg por apenas 1,2 segundos. Depois, no 8º e 9º lugares terminaram os Ford Fiesta WRC de Teemu Suninen a 2m09,0 e de Gus Greensmith a 3m39,4. A fechar o lote dos dez primeiros classificados no Rali do Ártico, ficou o Volkswagen Polo GTI R5 de Esapekka Lappi que venceu de forma clara a luta entre os WRC2, frente ao Skoda Fabia R5 de Andreas Mikkelsen com 47,7 segundos de vantagem e mais de minuto e meio para outro Polo R5 tripulado por Nikolay Gryazin.

Após o Rali do Ártico, Kalle Rovanpera comanda o WRC 2021 com 39 pontos, Thierry Neuville está na 2ª posição com 35 e Sébastien Ogier é o 3º com 32 pontos, na frente de Elfyn Evans que soma 31 e de Ott Tanak que hoje conquistou 27 pontos. Entre os construtores, a Toyota comanda com 88 pontos a Hyundai totaliza 77 e a M-Sport Ford soma 24 pontos. A próxima prova do WRC é o Rali da Croácia, marcado para 22 a 25 de abril, cerca de um mês antes do Vodafone Rally de Portugal, agendado para 20 a 23 de maio.

scroll up