Opel Corsa elétrico para ralis em testes de desenvolvimento

|AUTOCLUBE

Uma nova forma de competir nos ralis está prestes a chegar. O troféu ADAC Opel e-Rally Cup, pretende também captar novos valores.

Opel-Corsa-e-Rally-abertura-840

O novo Corsa chegou e a Opel pretende também iniciar uma nova forma de competir nos ralis. As inscrições para o novo troféu já abriram, e a nova temporada a disputar na Alemanha em 2020/21 é fruto de uma parceria entre o ADAC e a Opel. Os testes com dois protótipos do Corsa e-Rally decorrem a bom ritmo, com os engenheiros da Opel Motorsport a ensaiaram diversas soluções naquele que será o primeiro automóvel elétrico para competição em estrada.

Uma vez concluído o programa de desenvolvimento do Corsa-e Rally, a Opel construirá uma unidade-referência que servirá de padrão para os carros de competição a produzir para equipas clientes. A marca prevê construir 20 exemplares para a temporada 2020/21, dos quais 15 serão entregues no verão, a tempo da primeira prova de teste, a realizar no mês de julho. A captação de novos valores para os ralis europeus, é também outro dos objetivos da marca e do clube automóvel alemão.

O Corsa-e Rally possui o mesmo tipo de bateria do automóvel de série. Com 50 kWh de capacidade, este acumulador permite obter autonomia de 337 km de acordo com a norma WLTP. Com o objetivo de otimizar a autonomia em prova, a gestão eletrónica do sistema de motorização permite optar entre três modos de funcionamento diferentes. No modo Competição, o sistema debita a máxima potência e o máximo binário. Uma vez que os automóveis elétricos entregam binário máximo instantâneo, o modo Chuva modela a curva de binário para melhorar a tração em pisos escorregadios. Nas ligações entre provas especiais de classificação, as equipas deverão selecionar o modo Eco de poupança de energia.

scroll up