Oliveira segundo em Mugello

|AUTOCLUBE

Piloto português fez prova muito regular para terminar no intermédio do pódio após final muito disputado.

SI202105280416-news

Depois de se ter qualificado na sétima posição, Miguel Oliveira fez uma excelente largada para subir ao terceiro posto ainda na primeira volta do Grande Prémio de Itália de MotoGP. Contudo, o piloto viu-se batido pouco depois por Johan Zarco.

Uma ordem que durou pouco, já que ainda nas primeira voltas Peco Bagnaia, que tinha assumido a liderança depois de se impor a Fabio Quartararo, acabou por perder o controlo da Ducati e foi ao chão. Um contratempo que ditou o desfecho da corrida para o italiano e deixou Johan Zarco na liderança.

Enquanto isso, Oliveira via-se de novo no pódio, em terceiro. Mantendo a calma, o piloto ACP assistiu de primeira fila ao duelo entre Zarco e Fabio Quartararo, com o piloto da Yamaha a assumir a liderança da corrida passado mais uma volta.

Não satisfeito, e vendo que Zarco perdia andamento, Oliveira passou para o ataque e subiu a segundo, posição que logrou manter até final, isto apesar da forte luta oferecida por Joan Mir na derradeira fase da corrida.

Oliveira garantiu assim o primeiro pódio do ano, e 37º da carreira, num fim-de-semana marcado pela morte de Jason Dupasquier neste domingo em consequência de acidente sofrido na qualificação de sábado.

scroll up