Max Verstappen foi príncipe no Mónaco e dominou toda a corrida

|AUTOCLUBE

O piloto holandês alcançou a 5ª vitória da carreira, passou a liderar o Campeonato do Mundo de F1 e dá liderança à Red Bull.

Verstappen-1-900

Desta vez não houve Mercedes no pódio e Lewis Hamilton terminou na 7ª posição o GP de F1 do Mónaco. Com a vitória de hoje Max Verstappen passa a liderar o campeonato e a Red Bull salta para a liderança do campeonato de construtores. A prova monegasca começou com o abandono de Charles Leclerc, autor da “pole position”, que nem chegou a partir para o seu GP, devido a problemas irresolúveis na caixa de velocidades do Ferrari. A partir daí, Verstappen tomou conta da corrida e caminhou para uma vitória indiscutível, onde a Ferrari compensou com o 2º lugar de Carlos Sainz que assinou uma prova muito motivante, seguido no 3º lugar por Lando Norris em McLaren.

Depois de um pódio que, desta vez, não cotou com nenhum Mercedes, devido ao abandono de Valtteri Bottas que já não saiu da sua boxe devido a um problema na roda da frente direita do Mercedes, o outro Red Bull de Sérgio Perez terminou na 4ª posição, atrás de Norris que aguentou a pressão nas últimas voltas. A 5ª posição coube ao Aston Martin de Sébastien Vettel seguido por Pierre Gasly num Alpha Tauri. O campeão do mundo Lewis Hamilton não conseguiu sair do 7º lugar, perdendo assim a liderança do campeonato para Max Verstappen, apontando algumas críticas à sua equipa, que teve um domingo para esquecer. O 8º lugar pertenceu a Lance Stroll que contribui assim, com Vettel, para a melhor classificação da Aston Martin.

O campeonato de F1 é agora liderado por Max Verstappen com 105 pontos, seguido por Lewis Hamilton com 101. Lando Norris está no 3º lugar com 56 pontos, na frente de Valtteri Bottas com 47 e de Sérgio Perez com 44. Entre os construtores a Red Bull está na frente com 149 pontos, apenas mais um que a Mercedes com 148. A McLaren está na 3ª posição com 80 pontos, seguida da Ferrari com 78 e da Aston Martin com 19.

scroll up