Félix da Costa foi 4º e está a 22 pontos do título

|AUTOCLUBE

O português precisa apenas da pole position, de um segundo lugar na corrida e da volta mais rápida para vencer a Fórmula E.

Guenther

A terceira das seis corridas consecutivas que têm lugar no circuito de Templehof, em Berlim, não correu da mesma forma que as duas primeiras a António Félix da Costa. Depois de ter garantido na quinta-feira a terceira vitória consecutiva, a segunda em Berlim, o português acabou por rodar de forma mais conservadora neste domingo.

Sem encontrar o ritmo para entrar na Super Pole, o piloto da DS Techeetah acabou por ter de se contentar com o nono posto da grelha, mas nem por isso baixou os braços, pelo contrário. Félix da Costa, hoje a ver-se obrigado a um pouco mais de cautela, atacou para chegar ao quarto posto, depois de intensa batalha com Jerome d’Ambrosio, Oliver Rawland, Felipe Massa, Alex Lynn e Stoffel Vandoorne.

Já sem forma de chegar ao pódio, o português optou por correr a pensar no campeonato e na fase final manteve o quarto posto ao invés de ir atrás de um pódio, o que podia deitar tudo a perder. Uma boa aposta já que Félix da Costa acabou por manter os mesmo 68 pontos de vantagem que tinha antes da prova deste sábado e está agora a apenas 22 pontos do título, algo que poderá conseguir com a conquista da pole position, a segunda posição e a volta mais rápida na corrida de amanhã. Isto, é claro para não ter de fazer grandes contas. Contudo, e mesmo que Maximilian Guenther, atual segundo no Campeonato, vença a corrida, Félix da Costa pode mesmo chegar à coroa mesmo só com um segundo lugar, mas para tal a pole position (3 pontos) tem que ser conquistada por qualquer outro piloto que não o germânico que, no limite, pode ainda somar o ponto da volta da mais rápida.

Uma alteração na frente da classificação geral da Fórmula E que se deveu, precisamente, à vitória em casa de Guenther neste sábado, à frente de Robin Frinjs e do colega de equipa de Félix da Costa e Campeão em título, Jean-Éric Vergne. Lucas di Grassi, que era o segundo da geral antes da corrida deste sábado, perdeu terreno na luta pelo título e é agora terceiro depois de ter concluído a prova de hoje em 12º.

scroll up