SP30 é o Ferrari que ninguém quer comprar

|AUTOCLUBE

Este modelo nasceu dos desejos exclusivos de um magnata indiano que depois o rejeitou. Desde 2018 que está no mercado, mas ninguém parece quer pegar nele. 

SP30-1

Esta é a história de um Ferrari que parece ser pouco amado, pese o facto de que se trata de uma das marcas mais reputadas e que não costuma ter grandes dificuldades em "escoar" os seus produtos, mesmo aqueles que são configurados ao gostos da sua clientela mais exclusiva. 

Falamos do Ferrari SP30, um modelo que mistura vários elementos de outros produtos da casa de Maranello e foi a resposta a um pedido especial, neste caso de Cheerag Arya, um milionário da indústria petro-química, famoso também pela sua vasta e riquíssima coleção de Ferraris. 

O SP30 foi entregue em 2012 ao empresário indiano, que tem uma garagem repleta de Ferraris, incluindo outro único, o SA Aperta, que toma por base o 599, um 575M Maranello, um Enzo, um Daytona, um 599 GTO e também a sua versão de pista, o 599XXX, um F430 Scuderia e um F40, entre muitos outros. Este SP30 seria o culminar de uma paixão do magnata pela marca italiana e o pedido especial resultou, em termos de estilo, num carro semelhante ao Berlinetta atual ou ao Superfast, mas na verdade é que conta com elementos estéticos dos 599 GTO e 599XX. O Ferrari SP30 vem equipado com um motor V12 6.0 F140 C capaz de debitar qualquer coisa como 620 cavalos de potência e foi desenvolvido pela criado pela divisão de projetos especiais da marca. 

Arya não terá gostado muito do resultado e percorreu apenas 170 km ao volante do desportivo italiano. Não se sabe bem qual o percurso que entretanto o SP30 terá feito, havendo fotos do modelo numa garagem da Ferrari no Dubai, mas em 2018 o carro "apareceu" no Texas, na Crave Luxury Auto, estando à venda desde aí. este concessionário texano ainda enviou o modelo para Paris, para integrar um leilão da RM Sotheby's em 2019, mas ninguém cobriu a "parada" e o carro voltou para os Estados Unidos. 

scroll up