Mercedes 600 de George Harrison vendido em leilão

|AUTOCLUBE

Este pedaço da história do rock 'n roll é apenas um dos 2.190 carros construídos e conseguiu atingir os 170 mil euros de licitação. 

mercedes-harrison-fb

Conhecido como o “Beatle sossegado”, George Harrison não foi apenas o guitarrista principal da famosa banda britânica, mas também o compositor de canções incontornáveis como "Here Comes the Sun", "Something", "While my Guitar Gently Weeps" e "Taxman".

No auge do sucesso dos Beatles, Harrison comprou um Mercedes-Benz (W100) 600 de 1967, que agora foi a leilão. Esta berlina de luxo foi usada pela primeira vez como um carro de demonstração para a Mercedes britânica antes de ser adquirido por Harrison.

O modelo permanece com as cores originais de fábrica e com um interior de couro preto e é movido pelo motor M100 V8 de 6,3 litros original com injeção mecânica de combustível ligado a uma caixa automática de 4 velocidades.

De acordo com a leiloeira, Collecting Cars, este é um dos 600s da geração W100 de que apenas foram produzidos 2.190 unidades na versão mais curta na distância entre eixos.

“Um dos elementos mais notáveis deste carro é o sistema de pressão hidráulica de 150 bar, que alimenta as janelas, assentos, teto de abrir, porta-malas e portas automáticas”, diz o folheto informativo do modelo. 

Em março de 2021, o carro foi sujeito a uma revisão que custou 52 mil euros e foi levada a cabo pelo especialista da Mercedes-Benz John Haynes, durante a qual o sistema hidráulico foi reformado, novas vedações e juntas foram adicionadas aos pára-choques e faróis, parafusos e acabamentos foram substituídos para trazer o carro de volta às especificações corretas e uma nova caixa foi instalada. Também a pintura foi renovada e os cromados restaurados.

Harrison, um notável entusiasta de automóveis, é conhecido por possuir outro Mercedes-Benz 600 (na versão limusine) que adquiriu em 1971 a John Lennon, um 500SEL com acessórios AMG e ainda um Porsche 928S e um McLaren F1.

scroll up