Divulgados os 35 concorrentes para Car Of The Year 2020

|AUTOCLUBE

O mais antigo e prestigiado prémio de reconhecimento da indústria automóvel já lançou as bases da sua edição 2020 e está lá tudo o que de melhor se fez em quatro rodas nos últimos tempos

BMW X7

Calendário apertado para os 59 jurados, de 23 países, do Car Of The Year (COTY) 2020, já que até 25 de novembro vai ter sair uma "short list" de apenas 7 concorrentes, com base na lista dos 35 modelos agora divulgada. O vencedor é conhecido na já muito aguardada cerimónia que antecede a abertura do Salão de Genebra, a 2 de março de 2020. Recorde-se o espanto provocado pela edição de 2019, que teve um SUV elétrico de luxo como vencedor, o Jaguar I-Pace, após renhida disputa com um desportivo, o Alpine A110. 

Colocando a lista por ordem alfabética, o lote de concorrentes abre com um repetente, o Audi e-tron. 

Seguem-se os 4 candidatos da BMW, que vai a concurso com o Série 1, Z4, X6 e ainda o opulento X7, que pretende ser o novo paradigma dos grandes SUV. 

A DS aposta no DS3 Crossback. 

Já a Ferrari participa com o F8 Tributo. 

A Ford tenta dar o salto com o Puma.

A Kia entra com o e-Soul.

A Mazda tem no novo 3 o seu concorrente, assim como o CX-30 também vai à luta.

Já a Mercedes-Benz tem um leque vastíssimo de possíveis candidatos a Carro do Ano, com o CLA, o EQC, o GLB e ainda o GLS. 

A Nissan e o novo Juke são fortes concorrentes também. 

Mas o Opel Corsa vai dar muito que falar. 

Assim como o "irmão" francês o Peugeot 208. 

Seja a gasolina ou elétrico, a Porsche não vai deixar os seus créditos desportivos por mãos alheias, com o Taycan e o 911 Carrera.  

Também é normal que a Range Rover Evoque tempos antigos. 

Já a Renault traz a sua armada francesa, com os campeões de vendas (em cada segmento) na linha da frente: Captur, Zoe e Clio são concorrência da pesada e prometem luta. 

A Skoda continua a revitalizar a sua gama e tem a concurso as novidades Kamiq e Scala. 

A marca SsangYong regressa com o seu Korando, um modelo nascido em 1982, mas que já vai na sua terceira geração. 

Ainda em terrenos asiáticos, a Subaru tem no Forester o seu barão. 

Numa altura em que os elétricos já não pedem licença para dar nas vistas, a Tesla e o seu Model 3 vão por certo criar muitas hesitações na hora de encurtar esta longa lista. 

Quem também promete dores de cabeça no momento de optar é a Toyota, que leva a concurso o Camry, Corolla, Rav4 e o especial GR Supra. 

Por fim, mas não em último, os dois Volkswagen na luta: o novo Golf (cuja 8ª geração tem sido sucessivamente adiada em termos de apresentação, mas agora está prometida para 24 de outubro) e o novo T-Cross.  

scroll up