Vêm aí mais radares e vão medir velocidade média

|AUTOCLUBE

Governo anunciou mais 50 novos locais de radares, 20 deles com capacidade para medir velocidades médias 

radar

Seguir pela estrada a alta velocidade e baixar para os limites de velocidade apenas quando se passa por um radar é um ato que vai deixar de fazer sentido nalguns pontos do País. É que 20 dos 50 novos locais de radares aprovados agora em Conselho de Ministros vão medir a velocidade média de um veículo entre dois pontos. Os restantes locais vão manter-se dedicados à medição da velocidade instantânea.

Esta é principal novidade da terceira fase de instalação da rede SINCRO (Sistema Nacional de Controlo de Velocidade), que vai passar a contar com 110 locais de controlo de velocidade (50 instalados em 2016/2017 e 10 em 2019). O total do investimento, entre novos radares e manutenção da atual rede, é de 8,5 milhões de euros. 

Segundo o comunicado da Autoridade Nacional para a Segurança  Rodoviária (ANSR), a "ampliação do SINCRO irá contar com 20 novos Locais de Controlo de Velocidade (LCV) para o controlo de velocidade média entre dois pontos e 30 LCV de velocidade instantânea. Os novos 50 LCV serão equipados rotativamente com 30 novos radares – 10 que permitem o controlo de velocidade média entre dois pontos e 20 que apenas permitem o controlo da velocidade instantânea – aumentando a capacidade instalada de 40 para 70 radares".

No anúncio da ANSR é explicado ainda que "os novos radares introduzirão em Portugal o controle de velocidade média entre dois pontos, e a capacidade para medir, em simultâneo, a velocidade de vários veículos, mesmo nos casos em que estes circulam lado a lado ou a uma distância inadequada entre si". 

Entre outros, os locais para instalação dos novos radares são:

• EN5 em Palmela

• EN10 em Vila Franca de Xira

• EN101 em Vila Verde

• EN106 em Penafiel

• EN109 em Bom Sucesso

• IC19 em Sintra

• IC8 na Sertã

scroll up