A sedução de um descapotável para enfrentar os dias de verão

|AUTOCLUBE

Com ou sem capota, os cabrio são automóveis que deixam encantos no ar. Há propostas aliciantes para fazer sonhar.

Bentley-Mulliner-Bacalar---1-840

O verão convida a viagens refrescantes, de cabelos ao vento, ao volante de um dos seus automóveis de eleição. Primeiro vamos sonhar com a exclusividade de um Bentley Mulliner Bacalar, uma raridade para dois passageiros, num verdadeiro descapotável de luxo, onde a exclusividade fica restrita a apenas 12 exemplares. Com um design fascinante, que indica a traça do futuro da Bentley, o ambiente no interior deste cabriolet faz prolongar os sonhos ao dar a sensação de se estar instalado numa nave espacial luxuosa e cheia de requintes. Um automóvel único!

O apelo dos SUV está agora disponível a céu aberto. Juntando o útil ao agradável, este SUV sem capota consegue conciliar emoções distintas, sendo possível acompanhar o segmento da moda, mas de cabelos ao vento. Este Volkswagen T-Roc Cabrio acaba por ser muito mais do que um descapotável, criando doses de emoção, ao compatibilizar um SUV com um cabriolet. O novo carro da Volkswagen não é construído em Palmela, como os seus irmãos, mas mantem intactas as qualidades de um modelo que já conquistou uma importante faixa de mercado. Com equipamento generoso, um conceito de operacionalidade digital de última geração e elevado nível de segurança, o design emotivo do T-Roc Cabrio, com ou sem capota, é um dos fortes argumentos para o seu sucesso.

Se é tão giro ter um Mini, também é divertido conduzir um sem capota. Para além da reconhecida dinâmica de um automóvel que conseguiu renascer com qualidade e criatividade, o pequeno descapotável oferece diversas opções de motorização a gasolina e um estilo muito próprio. Com o Mini Cabrio é possível saber ao certo quanto tempo rolou sem capota. Desenganem-se aqueles que pensam que um descapotável pode ser utilizado sempre de cabelos ao vento durante o verão, pois nesta época do ano, quem manda é mesmo o sol e o calor. Se prefere aproveitar as noites mais frescas, aí sim, um descapotável pode fazer todo o sentido e o Mini assume bem uma exclusividade incomparável.

É muito difícil não se apaixonar pelo novo Mazda MX-5. O roadstar mais famoso de todos os tempos entrou na quarta geração para conquistar corações, tudo devido ao fabuloso design que confere ao pequeno descapotável da Mazda um charme fora do comum. Dotado da traça Kodo, que tem contribuído com os esboços para toda a família Mazda, o MX-5 nunca consegue passar despercebido. Dotado de tração traseira, com todo o prazer de condução daí inerente, o MX-5 é um automóvel de paixões que se sentem, mas também se ouvem. Isto porque os engenheiros da Mazda dotaram-no com um ruído de escape que, até na versão menos potente, contribui com a tão desejada adrenalina sonora.

O novo Porsche 718 Boxster evidencia um ar robusto e, essencialmente, muito dinâmico. Este descapotável é um desportivo de raiz, que conta com um motor aspirado boxer de seis cilindros, com 4,0 litros de cilindrada, que debita 400 cv de potência e desenvolve um binário de 420 Nm. A velocidade máxima é de 293 Km/hora e o sprint até aos 100 Km/h faz-se em apenas 4,5 segundos. A suspensão desportiva ajustável destes modelos contribui para um handling fabuloso e para uma eficiência de condução acima de qualquer suspeita. No interior, tudo a condizer com a alta performance, deste modelo, num ambiente muito envolvente e desportivo, com excelente posição de condução.

scroll up