Mustang Mach-E carrega mais de 100 km de autonomia em 10 minutos

|AUTOCLUBE

Este modelo é um dos 18 novos veículos eletrificados que a marca está a introduzir na Europa até ao final de 2021.

Mach-E-840

Os mais recentes testes realizados pela Ford, demonstram que o novo Mustang Mach-E, 100% elétrico, tem potencial para aumentar, em média, a autonomia em 119 km, bastando aproximadamente 10 minutos de carregamento num posto de carregamento IONITY.

“Os clientes do Mustang adoram conduzir em estrada aberta, pelo que menos tempo de carregamento significa mais tempo para desfrutar da condução”, refere Mark Kaufman, Diretor Global de Veículos Eléctricos da marca.

Estima-se que a versão de tração integral AWD proporcione um adicional médio de 107 km de carregamento em aproximadamente 10 minutos. Nas configurações de tração integral e tração traseira, as estimativas apontam para que se atinjam cargas de 10% a 80% em 45 minutos. Uma bateria normal do Mustang Mach-E carrega uma média de 91 km em 10 minutos nas versões de tração traseira e 85 km nas de tração integral, com uma carga de 10% a 80% em 38 minutos.

A autonomia de condução 100% elétrica do Mustang Mach-E, máxima de 600 km, de acordo com a norma WLTP vai permitir aumentar a confiança dos clientes no que respeita à realização de viagens mais longas. Na Europa, os Mustang Mach-E serão apoiados pelo inovador e avançado ecossistema Ford Charging Solutions, com acesso integrado e simples aos carregamentos domésticos.

Ao mesmo tempo, a marca aumentou o seu empenho e evolução na sua estratégia para a implementação de 1.000 postos de carregamento nas instalações da Ford em toda a Europa, durante os próximos três anos, para tornar os carregamentos mais simples e convenientes a todos os seus funcionários.

O Mustang Mach-E 100% elétrico encabeça uma gama de veículos eletrificados da Ford, em rápida expansão, sendo um dos 18 novos veículos eletrificados que a marca está a introduzir na Europa até ao final de 2021.

scroll up