ACP assina protocolo para ajudar à reinserção de reclusos

O Ministério da Justiça assinou esta segunda-feira dez novos protocolos com autarquias, associações e empresas para dar formação e oportunidade de trabalho para a reclusos. 

ACP-Noticias-ACP-renova-programa-de-reinsercao-de-reclusos

Um destes parceiros é o ACP que vai dar carta de condução a cinco reclusos do Estabelecimento Prisional de Tires, que estejam a cumprir pena por condução sem habilitação legal. O protocolo, celebrado também com a Associação "Dar a Mão", estipula que poderão beneficiar exclusivamente os reclusos afetos ao EP de Tires que se encontrem a cumprir pena de prisão efetiva naquele estabelecimento prisional pela prática do crime de condução sem habilitação legal e que tenham sido expressamente autorizados pela Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais a frequentar a Escola de Condução ACP, mediante processo de colocação em regime aberto no exterior.

Na cerimónia, a ministra da Justiça considerou que as prisões devem ser vistas como o primeiro passo para a inserção e não como depósitos de pessoas que a sociedade condenou. Atualmente, as explorações económicas do sistema prisional dão trabalho a cerca de 4.500 reclusos, em atividades como a agricultura, prestação de serviços especializados e diversificados para empresas.

scroll up