Novo Peugeot 208 tem motores para todos os gostos

|AUTOCLUBE

O poder da escolha oferecido pela Peugeot com o 208, também quer democratizar o acesso a um novo veículo elétrico.

PEUGEOT-840

Reforçar a posição no segmento B e ser uma referência no mercado dos elétricos, são os principais objetivos da Peugeot com o novo 208, um automóvel atraente, mas essencialmente bastante eficiente. Com linhas extraordinariamente atraentes, o novo leão tem propostas para diversos gostos, necessidades e bolsas.

O poder da escolha está sublinhado com a vasta oferta de motorizações que acompanha o novo 208. Um carro altamente tecnológico, que reclama ser o veículo da juventude, utiliza equipamentos de segmentos superiores, cativando as novas tendências do mercado com uma conetividade alargada e os mais recentes equipamentos de segurança.

A Peugeot entra no mercado dos veículos elétricos com um e208 muito eficaz e com uma prestação dinâmica cativante. Em termos visuais tudo é igual e a sensação de condução entusiasmante, o que coloca a escolha elétrica num patamar muito interessante, em relação às opções que oferecem motores de combustão. Democratizar o acesso a um veículo elétrico, através da simplicidade, prazer e serenidade é um dos objetivos da Peugeot.

A Peugeot repetiu Portugal para uma apresentação mundial, colocando nas nossas estradas toda a gama dos 208 equipados com três energias possíveis: diesel, gasolina e eletricidade, mostrando-se confiante na importante batalha que vai disputar no concorrido segmento B. O desenvolvimento do novo 208 assenta na última geração de plataformas do grupo PSA, a CMP (Common Modular Platform), destinada aos segmentos B e C.

Como o nome indica, a plataforma CMP é modular em termos de dimensões e motores. É uma plataforma multi-energias, porque é totalmente compatível com a adoção de mecânicas tradicionais (motores térmicos a gasolina ou diesel) e a propulsão 100% elétrica de última geração. Cabe agora aos clientes optar pela solução que mais lhes convém, sem restrições ou limites de prazer, conforto, segurança e conetividade.

As próximas unidades do 208 com motores a combustão vão chegar já em novembro, com a opção elétrica a ficar guardada para o próximo mês de janeiro. A gama nacional do novo Peugeot 208 vai contar com cinco níveis de equipamento. Like: apenas com motores térmicos (1.2 PureTech de 75 cv com caixa manual de cinco velocidades e 1.5 BlueHDi 100 cv, que conta com caixa manual de seis velocidades). Active, Allure e GT Line: disponíveis nas três variantes do bloco PureTech de 1.2 litros (75 cv, 100 cv com caixa manual de seis velocidades ou automática de oito e 130 cv, só com a automática EAT8), no diesel 1.5 BlueHDi de100 cv com caixa manual de 6 velocidades) e na versão elétrica de 100 Kw (136 cv). O GT, nível máximo de equipamento topo de gama, fica associado exclusivamente ao propulsor elétrico.

Em relação a preços, o leque dos motores a gasolina vai dos 16.700€ aos 25.700€, enquanto o diesel propõe opções dos 21.650€ aos 26.550€. O  elétrico e208 vai dos 32.150€ aos 37.650€.

scroll up