Nova geração Mazda CX-5 com motores modernos e eficientes

|AUTOCLUBE

Aconteceu muita coisa no novo SUV da Mazda que não se vê, mas sente-se. O novo modelo já está disponível em Portugal a partir de 32.910€

Mazda-CX-5-abertura-840

A tecnologia Skyactiv da Mazda não é mais do que uma nova abordagem à construção automóvel. É com esta filosofia, e com uma fortíssima presença de um design marcante, que o CX-5 quer continuar a ser um modelo demasiado importante para a marca, valendo 30% das vendas Mazda no mundo, com uma comercialização de 2,87 milhões de unidades em 130 países. É com base nestes números que o CX-5 se renova, depois de oito anos de sucesso, agora num claro galanteio às tecnologias híbridas, mas sempre apoiando um constante desenvolvimento dos propulsores de combustão, tendo como alvo a mobilidade sustentável.

Com a chegada do seu primeiro veículo totalmente elétrico previsto para setembro, a Mazda não deixa de desenvolver soluções para otimizar motores de combustão, com a tecnologia Skyactiv a marcar o ritmo, tendo inclusivamente previsto um novo bloco diesel a lançar brevemente. Agora a evolução aponta para o motor a gasolina 2.0 Skyactiv G de 165 cv, que equipado com caixa manual de seis velocidades, desativa dois ou os quatro cilindros, contribuindo para menores consumos e emissões. Os automóveis são cada vez mais grandes computadores, com as novas tecnologias a fornecerem importantes ajudas à condução, segurança e conetividade. O novo SUV Mazda CX-5 acompanha todas estas evoluções, estando já disponível com três níveis de equipamento, caixas de velocidades manuais e automáticas e tração dianteira ou integral AWD.

Com destaque no conforto, qualidade, design e funcionalidade, o habitáculo do Mazda CX-5 compete com os melhores modelos da sua classe, apresentando uma sensação Premium em todo o interior. Para o Mazda CX-5 de 2020, o ecrã Mazda Connect, no topo do tabliê, aumentou para 8 polegadas de forma a permitir a apresentação de textos e ícones maiores e mais definidos no sistema de navegação, bem como uma visão ampliada a 360 graus do monitor. Uma nova função de apresentação foi adicionada ao monitor de eficiência de combustível Mazda Connect, permitindo aos condutores verificar, em tempo real, o estado do sistema de desativação dos cilindros.

O motor a gasolina Skyactiv-G de 2,0 litros e 165 cv, disponível com transmissão manual ou automática e tração dianteira, é a novidade para 2020: as versões deste propulsor com transmissão manual estão equipadas com desativação de cilindros. Esta função desliga dois dos quatro cilindros do motor em situações de pouca carga, como acontece quando o veículo se desloca a uma velocidade constante. A desativação dos cilindros 1 e 4, nestas circunstâncias, reduz as perdas por bombeamento e a resistência mecânica. A gama de motores do CX-5 de 2020 é completada por um motor a gasolina Skyactiv-G de 2,5 litros com 194 cv, transmissão automática e tração integral, uma unidade diesel Skyactiv-D de 2,2 litros com 150 cv e opção de transmissão manual ou automática e com tração dianteira, e um bloco diesel Skyactiv-D de 2,2 litros com 184 cv, tração integral e transmissão automática. Todas as variantes automáticas destes quatro propulsores podem agora contar com patilhas no volante. O preço das versões a gasolina começa nos 32.910€ e os diesel arrancam nos 41.521€.

scroll up