Vitória de Vergne na 1ª corrida de Roma e Félix da Costa desiste

|AUTOCLUBE

Jean-Eric Vergne, companheiro de equipa de António Félix da Costa na DS Teechetah, assinou excelente corrida.

Jean-Eric-Vergne-900

A primeira corrida de Fórmula E em Roma, começou e acabou atrás do Safety Car. Primeiro devido à chuva, depois por causa do acidente de Vandoorne, que chegou a liderar a prova. Numa corrida bastante atribulada, onde a DS Teechetah estreou uma nova motorização, a equipa acabou por assinar uma vitória brilhante com Vergne, enquanto o campeão do mundo António Félix da Costa, viria a terminar a corrida nas boxes a cerca de 6 minutos do final da prova, com problemas no carro, devido a um furo. O piloto português que partiu da 18ª posição, chegou a rolar no 10º posto, mas esta não era a sua corrida, guardando para amanhã uma prestação mais positiva.

Se Jean-Eric Vergne voltou às vitórias, a Jaguar assinou em Roma uma excelente prestação, conquistando o 2º lugar com Sam Bird e a 3ª posição com Mitch Evans. Com esta classificação, Bird passa a liderar o campeonato de pilotos e a Jaguar o de equipas. Três corridas nesta época, com três vencedores diferentes, onde Vergne conquista em Roma a 10º vitória da sua carreira, muito por mérito de uma excelente gestão da DS Teechetah. Depois de um pódio composto pelo DS de Vergne e pelos Jaguar de Bird e Evans, a 4ª posição foi para Robin Frijns num Virgin, o 5º lugar para o Nissan de Sébastian Buemi e o 6º posto para René Rast num Audi. A Fórmula E volta ao circuito citadino de Roma amanhã às 12 horas portuguesas, para a 4ª corrida da temporada.

scroll up