Kalle Rovanpera o piloto mais jovem a vencer uma prova do WRC

|AUTOCLUBE

Aos 20 anos o piloto da Toyota fez história e controlou totalmente o Rali da Estónia.

Rovanpera-cara-final-900

Foi uma prova sem erros para Rovanpera. A maturidade mostrada pelo mais jovem piloto a vencer um rali do WRC durante 24 troços cronometrados, faz prever um futuro brilhante para o piloto finlandês, que bateu o recorde de outro piloto natural da Finlândia, Jari-Matti Latvala que tinha chegado à vitória aos 22 anos. Hoje, Latvala, diretor desportivo da Toyota Gazoo Racing, entrega esse recorde a um piloto da equipa que dirige.

Na Estónia tudo ficou decidido demasiado cedo, isto porque o piloto da casa Ott Tanak abandonou no primeiro dia, hipotecando todas as possibilidades de vencer o “seu” rali. Apesar disso, Tanak regressou à prova e teve uma exibição de luxo, vencendo 11 especiais de classificação, incluindo a Power Stage. Mas quem já tinha tudo controlado desde o primeiro dia era Kalle Rovanpera, que deixou sempre à distância os Hyundai do regressado Craig Breen e do candidato ao título Thierry Neuville. Breen terminou em 2º lugar a 59,9 segundos de Rovanpera, enquanto Neuville subiu ao 3º lugar do pódio a 1m12,4 do vencedor.

Com as contas feitas demasiado cedo, o campeão do mundo de ralis Sébastien Ogier não pressionou Neuville e contentou-se com o 4º lugar da geral a 1m24,0 do seu jovem colega Kalle, com a Toyota a conseguir ainda a 5ª posição com Elfyn Evans a 2m07,1. Com esta classificação Ogier segura bem a liderança do campeonato WRC 2021. A M-Sport Ford, que já anunciou correr em 2022 com o Puma WRC em vez do Fiesta, alcançou a 6ª posição com Teemu Suninen já a 7m07,3 do vencedor, seguido pelo Hyundai de Loubet a 8m48,3.

Na categoria RC2 o russo Alexey Lukyanuk não deu hipóteses a ninguém, levando o Skoda Fabia R5 evo à vitória com 13,8 segundos de vantagem para outro Skoda Fabia, o de Andreas Mikkelsen, que conquista a vitória no WRC 2, enquanto Lukyanuk vence entre os WRC 3. Mads Ostberg ficou longe das habituais boas exibições, terminando em 3º da categoria e no 10º lugar da classificação geral.

Kalle Rovanpera entrou para a história do WRC e assinou uma prova fabulosa na Estónia, reentrando na luta do campeonato. Depois desta etapa do WRC, Sébastien Ogier está na liderança com 148 pontos, seguido por Elfyn Evans com 111 pontos e por Thierry Neuville com 96, seguido agora por Kalle Rovanpera com 82 pontos, mais oito que Ott Tanak. Entre os construtores, a Toyota está na frente com 315 pontos, a Hyundai soma 256 e a M-Sport Ford 125 potos. A próxima prova é o Rali de Ypres na Bélgica, agendado para os dias 12 a 15 de agosto.

scroll up