Félix da Costa foi 4º na vitória do Jaguar de Sam Bird

|AUTOCLUBE

A 2ª corrida noturna de Fórmula E teve demasiados acidentes e terminou com bandeira vermelha. O piloto português lutou pelo pódio.

1-Diriyah-EPrix-Felix-da-Costa-840

Diversos duelos marcaram a segunda corrida de Fórmula E em Diriyah na Arábia Saudita. Sam Bird levou o Jaguar à vitória, após despique com Robert Frijns no Envision Virgin, que terminou na 2ª posição. O campeão do mundo de Fórmula E chegou a ser 3º classificado, numa luta constante com o seu colega de equipa Jean-Eric Vergne, que até chegou a envolver os dois pilotos da DS Techeetah num toque já na parte final da corrida. Vergne acabaria no 3º lugar, enquanto António Félix da Costa, que partiu do 9º lugar assinou uma corrida emotiva que lhe valeu a 4ª posição final e 12 pontos para o Campeonato do Mundo de Fórmula E desta temporada.

A parte final tirou a emoção à corrida, quando se esperavam por reações dos pilotos, tanto no duelo entre Bird e Frijns, como na luta constante entre os dois pilotos da DS pelo pódio. Um acidente muito aparatoso de Alex Lynn originou bandeira vermelha e a entrada do Safety Car no circuito, com a prova a terminar mais cedo do que se esperava. Atrás do 4º lugar de Félix da Costa classificaram-se Nick Cassidy num Evision Virgin e Sérgio Sette Câmara ao volante de um Dragon Pensk. Depois da primeira corrida não ter dado pontos à DS Techeetah, Félix da Costa e Vergne mostraram que estão prontos para lutarem pelo título nesta temporada.

scroll up