Porsche e Lamborghini em "crash-test" de Lego

|AUTOCLUBE

O automóvel clube alemão testou um embate entre um Porsche 911 GT e um Lamborghini Chiron, ambos em Lego.

@video=mubmaH3kcEg

Um primeiro teste, levado a cabo em 2017 pelo ADAC (Automóvel Clube da Alemanha), foi um verdadeiro sucesso. Tratou-se então apenas de um Porsche 911 GT3 RS, da gama Lego Technic, composto por 2704 peças e um aproximado de 300 euros.

Os resultados dos testes, efetuado a uma velocidade de 46 km/h e parâmetros de análise quase idênticos aos realizados com automóveis de gente adulta, foram muito satisfatórios e o vídeo tornou-se viral, com mais de 2 milhões de visualizações.

Dois anos depois, o ADAC volta a carga, mas decidiu subir a parada: em vez de um automóvel, por que não dois? E assim foi, juntou-se um Porsche GT a um Lamborghini Chiron, ambos de novo em Lego, e o resultado foi ainda mais espetacular.

Mas qual a razão destes testes de Lego do ADAC? Meras brincadeiras para fazer vídeos espetaculares? "Não", explicou o maior automóvel clube da Europa, com mais de 19 milhões de associados. "Em causa está a eficácia do novo sistema de simulação computorizada dos crash-tests, mas, por outro lado, a consciencialização sobretudo das crianças e dos mais jovens em relação à importância dos testes de segurança.

scroll up