Paulo Gonçalves morre durante a 7ª etapa do Dakar

|AUTOCLUBE

O motard português sofreu uma queda ao quilómetro 276 da etapa de hoje que ligava Riyadh a Wadi Al Dawasir. O piloto de 40 anos chegou sem vida ao hospital de Layla.

Paulo-Goncalves-840

Paulo Gonçalves era considerado um dos pilotos mais experientes no Dakar. O piloto português participava pela 13ª vez na longa prova maratona, que este ano decorre pela primeira vez na Arábia Saudita. Numa especial com 546 km, Paulo Gonçalves sofreu uma queda ao quilómetro 276, acabando por ficar insconsciente. A organização fez descolar um helicóptero médico, que encontrou o piloto em paragem cardiaca.

Paulo "Speedy" Gonçalves, como era conhecido no meio, era um piloto aguerrido e muito bem preparado, nunca baixando os braços, independentemente da classificação que ocupava. Esta era a 13ª participação do motard português no Dakar, depois de se ter estreado na prova maratona em 2006. Gonçalves obteve a sua melhor classificação em 2015 com um 2º lugar da geral, tendo averbado por quatro vezes classificações no "top ten" da prova.

Campeão do mundo de Ralis Croos Country em 2013, o piloto de 40 anos começou a sua atividade desportiva no motocross, tendo alcançado resultados fantásticos aos comando de uma Honda. Agora, com uma Hero, Paulo Gonçalves morre na Arábia Saudita, entre Riyadh e Wadi Al Dawasir. A renimação da equipa médica não impediu que o piloto português chegasse ao hospital de Layla já sem vida.

scroll up