Hopium Machina pode ser o primeiro carro de luxo a hidrogénio

|AUTOCLUBE

Por enquanto é apenas uma proposta que anuncia 493 cv de potência e autonomia da ordem dos 1.000 quilómetros.

Hopium-Machina-840

O Hyundai Nexo e Toyota Mirai são os únicos exemplos de modelos de produção movidos totalmente a hidrogénio. Mas um terceiro elemento pode vir a juntar-se ao grupo: o Hopium Machina.

Por enquanto, não passa de uma proposta da Hydrogen Motive Company, companhia recentemente fundada pelo piloto francês Olivier Lombard, que pretende apresentar o protótipo em 2021.

Além de um visual muito futurista, o Hopium Machina que pretende ser o primeiro automóvel de luxo a hidrogénio, anuncia 493 cv de potência e uma autonomia até 1.000 km. Segundo aquela companhia francesa, a produção deste modelo está agendada para 2026, com distribuição para diversos mercados como China, Europa, Japão, Coreia do Sul e EUA.

A Hydrogen Motive Company, quer tornar-se líder na tecnologia do hidrogénio com a “realização de projetos inovadores que conduzam a sociedade a basear-se no hidrogénio”. E o lançamento do Hopium Machina “é o primeiro passo definitivo neste objetivo”.

scroll up