ESP: o sistema de segurança que salva vidas há 25 anos

|AUTOCLUBE

O primeiro carro a equipar o ESP, um dos mais revolucionários sistemas de segurança na história automóvel, foi o Mercedes-Benz Classe S em 1995.

esp-840

O controlo de estabilidade – ESP – é um dos sistemas de segurança mais importantes nos veículos e há 25 anos que salva vidas tanto dos condutores como dos ocupantes.

Se antes de 1995 uma estrada com piso molhado associado a uma travagem repentina, consoante a velocidade de marcha, era meio caminho andado para um acidente, com risco de até resultar em mortes, esse tipo de situação passou a não ser tão perigosa, com a introdução deste sistema, um dos mais revolucionários em termos de segurança na história automóvel.

O ESP foi pela primeira vez aplicado pela Bosch nos Mercedes-Benz Classe S, há 25 anos. Desde então e com diferentes denominações dependendo da marca que o utilizava, este sistema popularizou-se e atualmente está presente em todos os automóveis.

Capaz de evitar até 80% dos acidentes por derrapagem, o ESP combina as funções de anti-bloqueio dos travões com o sistema de controlo de tração, evitando as derrapagens mais comuns. A direção não fica bloqueada, podendo o condutor controlar facilmente a trajetória do veículo.

O ESP nasce de uma investigação conjunta da Daimler e da Bosch feita durante a década de 80, mas foi a lendária “prova do alce” (forçar um despiste a alta velocidade) realizada em 1997 com um Mercedes-Benz Classe A que obrigou os fabricantes a adotar este sistema para todos os seus veículos.

scroll up