Novo Renault MÉGANE R.S. TROPHY-R focado no desempenho

|AUTOCLUBE

Completa a oferta do Mégane R.S. numa versão mais extrema e é quase um carro de corrida, mas está homologado para estrada.

Renault M_TROPHY_R_1920

O novo Renault MÉGANE R.S. TROPHY-R é o carro de produção com os melhores desempenhos alguma vez comercializado pela marca. Assente na bem-sucedida história do desporto automóvel da Renault e perpetua a tradição de recordes alcançados pelas diferentes gerações Mégane R.S., transportando para a estrada as tecnologias e os conhecimentos adquiridos pela Renault Sport em pista. E os resultados estão à vista com a obtenção de um novo recorde em Nürburgring.

O modelo mantém o motor 1.8 de 300 cv, com uma potência específica de 167 cv por litro. Com esta fantástica base de trabalho, os engenheiros da Renault focaram as suas atenções nas melhorias do desempenho em torno de três outras áreas principais:

Trabalho drástico na redução de peso. Da ausência do banco traseiro à adoção de jantes em carbono (opcionais), passando pelo exclusivo sistema de escape em titânio da Akrapovic, a “caça” aos quilos extra foi levada ao extremo. Menos 130 kg em relação a um Mégane R.S. Trophy desprovido de opções;

Ligações ao solo aperfeiçoadas para um desempenho ainda mais excecional. Eixo dianteiro com maior ângulo de caster negativo, eixo traseiro em H mais leve, amortecedores específicos da Öhlins ajustáveis, pneus Bridgestone Potenza S007 exclusivos e sistema de travagem de alta performance da Brembo, com discos carbo-cerâmicos (em opção).

Aerodinâmica ainda mais avançada. Carenagens específicas sob a carroçaria e um novo difusor em carbono melhoram o apoio aerodinâmico e a circulação dos fluxos de ar. O Mégane R.S. Trophy-R conta com entradas de ar NACA e condutas de ventilação junto aos travões, entre outras soluções técnicas.

Todo este trabalho foi atestado pelo cronómetro: o Mégane R.S. Trophy-R alcançou um novo recorde absoluto para um tração dianteira de série ao cumprir os 20,6 km do Nordschleife, em Nürburgring, em apenas 07'40''100. E estabeleceu, ainda, o tempo de referência de 07'45''389 numa volta completa oficial ao circuito. Um desempenho de exceção quando sabemos que a margem de progressão, a esse nível, é cada vez mais estreita.

O Mégane R.S. Trophy-R, será comercializado, até ao final de 2019, numa série limitada a 500 unidades devidamente numeradas.

Autoclube Jornal

scroll up