Bentley Mulliner Bacalar tem peças com 5000 anos

|AUTOCLUBE

Este coupé de luxo vai ter o seu interior revestido a madeiras extraídas de árvores com mais de 5000 anos.

@video=drRf0wb3Zd4

Cada vez mais os construtores puxam pela imaginação para tornarem alguns dos seus modelos verdadeiramente exclusivos, senão únicos. É o caso do novo Bentley Bacalar do qual vão ser fabricados apenas 12 exemplares, e que vão incluir algumas peças com 5000 anos. Cada unidade custará a módica quantia de 2 milhões de euros.

Construído com base no Continental GT Convertible, mas sem qualquer peça da carroçaria em comum, este coupé de dois lugares quer proporcionar ainda mais a sensação de exclusividade aos seus futuros clientes. Para isso, a marca de luxo britânica resolveu partir em busca da madeira utilizada para revestir o interior no fundo dos lagos, rios e pântanos britânicos. Mas utilizando apenas árvores com mais de 5000 anos.

Depois de retirada da água, a madeira tem de ser seca e estabilizada, para que não se degrade. Não que o Bacalar pretenda durar mais cinco milhares de anos, mas sim porque esse material tem de (no mínimo) suportar 100 anos debaixo de sol, rodeado de poluição e, sobretudo, ser constantemente “bombardeado” pelos raios ultravioleta a que agora passa a estar exposto.

A madeira que passou os últimos milhares de anos submersa em água e lamas, ou seja, longe do oxigénio gasoso, exibe hoje uma característica cor escura, independentemente do tipo de árvore que a originou.

scroll up