Miguel Oliveira 11º em San Marino na 1ª vitória de Morbidelli

|AUTOCLUBE

O piloto ACP bem tentou guardar um lugar entre os 10 primeiros, posição que perdeu na última volta.

Miguel-Oliveira-Misano-1-840

Depois de um 12º lugar na grelha de partida, Miguel Oliveira teve um mau arranque, caindo para a 15ª posição. O piloto português iniciou logo uma tentativa de recuperação, tendo recuperado até ao 11º lugar a nove voltas do fim. Oliveira nunca baixou os braços, tendo entrado no tão desejado “top ten” a quatro voltas do final, perdendo, no entanto, essa posição a uma volta do fim do GP de San Marino para Espargaro. Miguel Oliveira perde um lugar no campeonato, ocupando agora a 10ª posição com 48 pontos.

Depois da “pole positio” ter sido conquistada por Meverick Viñales, Foi Franco Morbidelli que tomou conta da corrida do MotoGP disputado em Misano, na República de San Marino. O piloto da Yamaha começou a deixar a concorrência longe, mostrando cedo que queria alcançar a primeira vitória da sua carreira. Um pouco mais atrás, Bagnaia, Rossi e Mir lutavam por lugares no pódio, com o lendário Valentino Rossi a fazer tudo para chegar ao 200º pódio da sua carreira. Já perto do fim, Rossi acabou por entregar a 3ª posição à Suzuki de Joan Mir, sendo obrigado a esperar por tão desejado feito.

E se Morbidelli nunca deu hipóteses, foi a Ducati de Bagnaia que obteve a 2ª posição, à frente de Mir, Rossi e Alex Rinz. Depois deste GP, disputado à beira do Mar Adriático, Dovizioso é o conadanrte com 76 pontos, seguido por Quartararo com 70 e por Jack Miller com 64. Miguel Oliveira ocupa agora a 10ª posição, totalizando 48 pontos. O MotoGP regressa ao mesmo traçado, para a próxima prova do campeonato.

scroll up