Hamilton vence GP da Grã-Bretanha, mas não ganhou para o susto

|AUTOCLUBE

O campeão do mundo dominou em Silverstone, mas um furo perto do fim obrigou o Mercedes a cortar a meta com 3 rodas.

Hamilton-GB-2020-840

A Mercedes teve os destinos da corrida na mão, mas um final complicado poderia ter estragado as contas à marca alemã. Depois de ter conquistado o primeiro lugar na grelha de partida, Lewis Hamilton dominou os acontecimentos no GP de F1 da Grã-Bretanha até que, mesmo em cima da meta, um furo na roda da frente esquerda do Mercedes lançou o pânico na equipa. No entanto, o campeão conseguiu garantir a vitória, com o Mercedes a receber a bandeirada de xadrez em três rodas. Duas voltas antes, tinha sido o Mercedes Valteri Bottas a furar, caindo para a 11ª posição, depois de ter rodado sempre no 2º lugar atrás de Hamilton. Apesar de todas estas ocorrências, Hamilton volta a vencer e o pódio em Silverstone acabou por contar com três equipas diferentes. Quem aproveitou o azar de Bottas foi Max Verstappen que levou o Red Bull ao 2º lugar, seguido pelo Ferrari de Charles Leclerc, que finalmente subiu ao pódio.

Nuna corrida marcada por muitos furos e pelo acidente do russo Daniil Kvyat, que saiu ileso do interior do Alpha Tauri, o 4º lugar pertencei ao Renault de Daniel Ricciardo, que acabou por levar a melhor perante o McLaren de Lando Norris, o 5º classificado em Silverstone. O outro Renault de Esteban Ocon, acabou a corrida na 6ª posição à frente de Gasly, Albon, Stroll e Vettel, que não conseguiu melhor que o 10º lugar. Apesar de não ter ganho para o susto, Hamilton conquista mais uma vitória e solidifica a liderança do Campeonato do Mundo de Fórmula 1, que no dia 9 de agosto regressa a Silverstone para o GP Aniversário. Os dois Mercedes estão na frente, com Hamilton a totalizar 88 pontos, seguido por Bottas com 58. O Red Bull de Verstappen é o 3º classificado no mundial de F1 2020 com 52 pontos.

scroll up