Extreme E arranca este fim-de-semana na Arábia Saudita

|AUTOCLUBE

Está aí a primeira prova da inovadora competição de todo-o-terreno com veículos elétricos e equipas compostas por um homem e uma mulher.

ExtremeE

A Arábia Saudita vai ser o palco da primeira corrida da história da Extreme E, o Desert X Prix, a disputar nos dias 3 e 4 de abril em AlUla. E o local escolhido para a estreia não foi ao acaso, já que um dos objetivos do organizador é chamar a atenção das pessoas para os problemas provocados pela desertificação.

“A Extreme E foi criada para mostrar que é possível conciliar tecnologia amiga do ambiente de forma a locomover automóveis através dos terrenos mais exigentes do mundo,” começa por afirmar Alejandro Agag, Diretor Executivo da Extreme E.

“Optámos por organizar a nossa primeira corrida em AlUla com o objetivo de chamar à atenção para as presentes ameaças da desertificação. As fantásticas dunas de areia e paisagens de cortar a respiração de AlUla representam o cenário perfeito para mostrar as capacidades destas peças de engenharia inovadora e as grandes capacidades de pilotagem dos que vão correr nesta competição.”

A corrida de AlUla deste fim-de-semana, a primeira de sempre da Extreme E, representa o culminar de anos de planeamento e vai contar com a participação de grandes nomes do desporto motorizado, como Jenson Button, Carlos Sainz e Sébastien Loeb, além de mulheres como Laia Sanz, Sara Price, ou Catie Munnings.

O objetivo principal da competição é sublinhar os desafios provocados pelas alterações climáticas em vários ecossistemas em todo o mundo e, ao mesmo tempo, mostrar a prestação de um SUV 100% elétricos em condições extremas.

A competição arranca com as rondas de qualificação no sábado, 3 de abril, com a final a ter lugar no dia seguinte, sendo que é obrigatório que homem e mulher de cada equipa partilhem a condução. Duelos que podem ser vistos online no site da Extreme E, no que toca às qualificações, e na Eurosport, por exemplo, no que respeita às Finais.

scroll up