Mercedes-Benz 320 foi o Best of Show

|AUTOCLUBE

O mais cobiçado prémio do Concurso de Elegância ACP foi para um Mercedes-Benz que sobreviveu às duas grandes guerras por ter sido escondido.

best-of-show-840

O Best of Show do VII Concurso de Elegância do ACP foi um Mercedes-Benz 320 Cabriolet A Special de 1937, uma das versões mais especiais entre os diversos tipos de carroçaria que a marca construiu neste modelo, entre 1937 e 1942.

Propriedade de um colecionador espanhol residente nas Ilhas Canárias, este clássico veio da Alemanha e sobreviveu às duas guerras mundiais. Na época, o dono escondeu-o numa quinta para não ser requisitado pelo exército alemão.

Quando o atual proprietário o comprou, o carro estava muito sujo, mas num estado muito original e a precisar, essencialmente, de uma operação cosmética. Foi alvo de uma revisão mecânica e os estofos também foram refeitos, ficando pronto para ser utilizado.

Depois de uma larga temporada nas Canárias, o carro passou a residir em Madrid para estar mais próximo dos eventos europeus. Ultimamente, participou em dois ralis em França e foi convidado a entrar num concurso em Madrid, no próximo dia 30 de novembro.

Com um motor de 6 cilindros de 3208 cc este Mercedes-Benz 320 Cabriolet A Special está avaliado em 500 mil euros.

Além do primeiro lugar ocupado por este raro exemplar, destaque ainda para outras categorias do Concurso de Elegância do ACP, como o Prémio Preservação e Restauro atribuído a um Bugatti de 1929. O Prémio António Barros (do público) foi para um carro dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas, um carismático Citroën.

scroll up