Salão Automóvel de Barcelona adiado para setembro

|AUTOCLUBE

A crise dos chips que está a afetar a indústria automóvel fez adiar o certame catalão para o outono.

Salao-Bercelona-900

O Salão Automóvel Barcelona que deveria ocorrer entre 8 e 18 de julho, foi adiado para o outono, mais exactamente para os dias 30 de setembro e 10 de outubro. Segundo os organizadores, o atraso da 41ª edição daquele certame catalão não está relacionado com a pandemia da Covid-19, mas sim pelo facto de dar mais tempo aos fabricantes do sector para que reconsiderem a possibilidade de comparecerem em Barcelona daqui a uns meses.

Uma decisão inicialmente tomada pela crise de chips que está a afetar a produção automóvel, com os atrasos ou mesmo paralisações que essa falta de componentes está a causar em termos de fabrico. “Com a mudança de datas, procuramos garantir o nosso papel de grande vitrine automóvel internacional e impulsionador de vendas após um período muito complexo”, afirmou Enrique Lacalle, presidente do Salão Automóvel de Barcelona,.

Aquele responsável espera ainda que este adiamento na abertura do salão vá ao encontro de “um contexto mais favorável para a indústria autóvel, afetada pelas dificuldades no fornecimento de alguns componentes, entre outros”.

O Salão Automóvel de Barcelona vai ter este ano como temas centrais a digitalização e a descarbonização como aposta de inovação no sector. Para este ano, Enrique Lacalle espera um número de visitantes semelhante ao verificado na última edição do certame, há dois anos, que contou com cerca de 800.000 visitantes.

scroll up