McLaren deixa de batizar modelos com números

|AUTOCLUBE

Solus, Aeron e Aonic são os nomes dos próximos modelos que devem chegar a curto e médio prazo.

McLaren-900

Nos últimos anos, a McLaren mudou a forma de batizar os seus modelos ao deixar de lado os nomes alfanuméricos. Do 570S, 720S ou P1, a marca de superdesportivos alterou para nomes como Artura, Elva, Speedtail ou Senna. Agora, surgiram três novos nomes que a McLaren registou e que podem antecipar os seus futuros modelos que devem chegar a curto e médio prazo.

Os nomes são: Solus, Aeron e Aonic. Ainda é cedo para saber que tipo de modelos terão esses nomes, embora seja praticamente certo que entre eles estará o nome oficial que vai ser o sucessor do McLaren 720S, enquanto os outros certamente identificarão o futuro dos desportivos eletrificados da marca britânica. Mas o certo é que o nome Solus, que vem do latim e que significa apenas, pode indicar que a McLaren esteja a preparar algum tipo de supercarro monolugar.

Independentemente disso, a nova nomenclatura antevê que a gama McLaren passe a ter nomes independentes deixando de lado designações com caracteres alfanuméricos que começaram com o MP4-12C e que foi na verdade uma forma de replicar os nomes que a McLaren tinha utilizado nos seus carros de corrida décadas antes. Esta decisão aponta para futuras denominações que se tornem mais simples e fáceis de assimilar e memorizar.

scroll up