Família EQ já lançou o mundo elétrico da Mercedes-Benz

|AUTOCLUBE

Tudo pronto para que a realidade dos veículos 100% elétricos seja encarada com naturalidade e confiança.

eletricos-Mercedes-Benz-900

A Mercedes-Benz tem vindo a preparar o futuro elétrico e a partir de 2025 todas as arquiteturas lançadas serão exclusivamente para modelos elétricos. A marca prepara-se para fornecer um portfólio totalmente composto por modelos elétricos até ao final da década, onde as condições de mercado assim o permitirem. Transitando da estratégia primeiro os elétricos para a estratégia apenas elétricos, a marca está a acelerar a transição para um futuro sem emissões e impulsionado por software. Até 2022, a Mercedes-Benz terá veículos elétricos (BEV) em todos os segmentos. Para facilitar esta transição, a Mercedes-Benz está a revelar um plano completo que inclui investigação e desenvolvimento para acelerar significativamente a mudança. No total, os investimentos em veículos elétricos a bateria entre 2022 e 2030 totalizam mais de 40 mil milhões de euros.

No que diz respeito ao fabrico de células, a Mercedes-Benz pretende estabelecer parcerias com empresas europeias para desenvolver e produzir eficientemente as futuras células e módulos, assegurando desta forma que a Europa continuará a ser o coração da indústria automóvel mesmo numa era elétrica. A produção de células irá permitir à Mercedes-Benz a oportunidade de transformar a sua estabelecida rede de produção de cadeias cinemáticas. Ao integrar continuamente a mais avançada tecnologia de células de bateria em veículos ligeiros de passageiros e comerciais ligeiros, a Mercedes-Benz pretende aumentar a autonomia durante o ciclo de produção de um modelo.

A Mercedes-Benz está atualmente a desenvolver o Vision EQXX, um veículo elétrico com uma autonomia de mais de 1,000 quilómetros, com o objetivo de atingir um consumo de um dígito Kwh por cada 100 quilómetros percorridos (mais de 6 milhas por Kwh) a velocidades normais estrada. Uma equipa multidisciplinar, incluindo especialistas da divisão de cadeias cinemáticas de elevada potência da equipa de Fórmula 1 da Mercedes-Benz, está a revelar um rápido progresso rumo aos ambiciosos objetivos do projeto. A estreia mundial irá ocorrer em 2022. Os avanços tecnológicos obtidos com o Vision EQXX serão adaptados e aplicados para a potencial utilização nas novas arquiteturas elétricas.

scroll up