Carlos Tavares vai ser o CEO da Stellantis

|AUTOCLUBE

A empresa que vai resultar da fusão entre a FCA e o Grupo PSA terá o executivo português no Conselho de Administração.

carlos-tavares-840

Stellantis é um nome a fixar, porque vai ser uma das maiores empresas do setor automóvel a nível internacional. Nascida da fusão entre a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) e o Grupo PSA, sabe-se que o seu Conselho de Administração será composto por 11 membros entre os quais o português Carlos Tavares.

Além de John Elkann (Presidente) e de CarlosTavares (CEO), a Stellantis vai ter um Conselho de Administração composto por Robert Peugeot (vice-Presidente), Henri de Castries (Diretor Sénior Independente), Andrea Agnelli (Diretor Não-Executivo), Fiona Clare Cicconi (Diretora Não-Executiva), Nicolas Dufourcq, (Diretor Não-Executivo), Ann Frances Godbehere, (Diretora Não-Executiva), Wan Ling Martello (Diretora Não-Executiva), Jacques de Saint-Exupéry (Diretor Não-Executivo) e Kevin Scott (Diretor Não-Executivo).

O Grupo PSA integra as marcas Peugeot, Citroën, DS Automobiles, Opel, Free2Move (enquanto fornecedora de mobilidade), enquanto o FCA integra a Fiat, Abarth, Chrysler, Lancia, Alfa Romeo, Maserati e Dodge, entre outras). A conclusão da fusão proposta deverá ocorrer até ao final do primeiro trimestre de 2021, estando sujeita às condições previamente acordadas para a conclusão do Acordo de Fusão.

scroll up