O novo Porsche 911 Targa continua a ser elegante e único

|AUTOCLUBE

Ícone de estilo dos modelos 911, este desportivo da oitava geração da gama chega em agosto de 2020.

POrsche-911-Targa-840

A Porsche completa o trio a tempo do verão: seguindo-se ao Coupé e Cabriolet, a terceira variante de carroçaria da nova geração 911 faz agora a sua estreia com as versões de tração integral, 911 Targa 4 e 911 Targa 4S. A caraterística distintiva do Targa mantém a inovação, a capota totalmente automática e, como no lendário Targa original de 1965, inclui o caraterístico arco, a seção de tejadilho removível sobre os bancos dianteiros e um envolvente vidro traseiro. O tejadilho pode ser confortavelmente aberto e fechado em apenas 19 segundos.

Este modelo chega alimentado pelo poderoso motor boxer de seis cilindros biturbo com três litros de capacidade e disponibiliza agora 283 kW (385 cv) e, em combinação com o opcional Pacote Sport Chrono, acelera dos zero aos 100 km/h em apenas 4,2 segundos – um décimo mais rápido do que o seu antecessor. O motor do 911 Targa 4S eleva a potência para 331 kW (450 cv) e alcança os 100 km/h em apenas 3,6 segundos sob as mesmas condições – quatro décimos mais rápido que o seu predecessor. A velocidade máxima do 911 Targa 4 é de 289 km/h (mais dois km/h), enquanto o 4S chega aos 304 km/h (mais três km/h).

Ambos estão equipados, de série, com a caixa de dupla embraiagem (PDK) com oito velocidades e tração integral inteligente Porsche Traction Management (PTM) para oferecer o máximo prazer de condução. Em alternativa, o 911 Targa 4S pode ser especificado com a nova caixa manual de sete velocidades, com a qual o Pacote Sport Chrono está incluído. Novas tecnologias foram também integradas para alargar a gama de funcionalidades para ambos os modelos 911 e, pela primeira vez, o Porsche InnoDrive, que inclui cruise control adaptativo, também está disponível.

Como os modelos 911 Carrera, ambas as variantes 911 Targa beneficiam do aumento de potência proporcionado pelo motor seis cilindros boxer, biturbo, com três litros de capacidade. Tanto a performance como a utilização quotidiana são beneficiadas com o resultado. O motor do 911 Targa 4 produz 283 kW (385 cv) às 6.500 rpm, mais 11 kW (15 cv) do que o seu predecessor. O binário máximo de 450 Nm é disponibilizado numa alargada gama de rotações entre as 1.950 e 5.000 rpm. Com 331 kW (450 cv), o 911 Targa 4S oferece mais 22 kW (30 cv) do que o seu antecessor e gera um binário máximo de 530 Nm (mais 30 Nm) entre as 2.300 e as 5.000 rpm.

O exterior do 911 Targa é caraterizado pelos elementos de design da geração 992. Comparativamente aos seus antecessores, a sua carroçaria apresenta guarda-lamas significativamente mais pronunciados atrás e à frente e, entre os faróis LED, o seu capot evoca o design das primeiras gerações do 911. A sua traseira é dominada pela sua largura, pelo spoiler traseiro automático integrado e pela elegante faixa de luz. Com exceção das seções dianteira e traseira, toda a carroçaria é construída em alumínio.

O interior replica o dos modelos 911 Carrera, com linhas limpas e direitas do tablier e pelos seus instrumentos. Os modelos 911 a partir de 1970 foram a inspiração. Ao lado do conta-rotações colocado ao centro – uma caraterística que define a Porsche – dois ecrãs sem moldura apresentam informações alargadas ao condutor. Uma compacta unidade de controlo com cinco botões para acesso direto a funções importantes do veículo está colo-cada abaixo do ecrã de 10,9” do Porsche Communication Management (PCM). De série, o PCM oferece navegação online e Connect Plus.

Os novos modelos 911 Targa vão ser lançados no mercado a partir de agosto de 2020. Os preços (incluindo impostos) começam nos 160.783 euros para o 911 Targa 4 (PDK), nos 178.076 euros para o 911 Targa 4S com caixa PDK de oito velocidades e nos 176.251 euros para o 911 Targa 4S com a opcional caixa manual de sete velocidades.

scroll up