Lisboa pode estar no caminho da Fórmula E

|AUTOCLUBE

A competição de monolugares elétricos da FIA pode estar a caminho da capital portuguesa dentro de dois anos.

FORMULAE-LISBOA

Os monolugares de alta prestação podem estar prestes a regressar a Portugal. Não se trata da Fórmula 1, mas sim da versão elétrica, a Fórmula E, competição que desde o início trocou os circuitos tradicionais pelos traçados citadinos, da mesma forma que trocou os motores de combustão pelos elétricos.

A revelação foi feita pelo fundador e patrão da Fórmula E Alejandro Agag nesta terça-feira na Web Summit em declarações ao Jornal Económico.

A estreia da capital portuguesa na competição de monolugares elétricos da FIA pode, segundo o espanhol, ter lugar em 2021. Não se tratará de um reeditar do famoso Circuito de Monsanto, usado pela Fórmula 1 em 1954 aquando da quarta visita da categoria rainha a solo nacional, mas sim de um traçado delineado ou em frente ao Jerónimos (local que também já foi palco da Super Especial do Vodafone Rally de Portugal), ou então na zona Oriental da cidade. “[Tenho] andado por Lisboa à procura da configuração certa das ruas para a corrida perto do Mosteiro dos Jerónimos ou no parque [das Nações],” confessou Agag ao Jornal Económico.

Quanto a datas, também ainda não há certezas, “mas talvez na sétima edição do campeonato,” sugeriu o espanhol.

A concretizar-se, e a manter-se a presente grelha de pilotos, o público português não só contaria com uma grande competição de velocidade em território nacional, como teria também um piloto da casa pelo qual torcer, não fosse António Félix da Costa um dos nomes de referência da competição.

scroll up