Sabe mesmo como usar os quatro piscas?

A incorreta utilização das luzes de perigo pode custar-lhe uma multa

Antes de mais, a sua designação correta: luzes de perigo ou de emergência, ainda que sejam mais conhecidas por “quatro piscas”. E a sua função principal: um simples toque no botão respetivo do seu veículo aciona os 4 indicadores de mudança de direção em simultâneo, assinalando uma situação de perigo.

Mas será que utiliza corretamente os quatro piscas? Se está a pensar tirar a carta de condução, descubra em seguida o que indica o código da estrada sobre estas luzes. Se já tem anos de prática ao volante, será que ainda se lembra ao certo de como e quando utilizar devidamente os quatro piscas? Não se esqueça: é sempre importante estar atualizado quanto ao código da estrada.

Preparado para testar os seus conhecimentos sobre a utilização dos quatro piscas?

 

Deve usar os quatro piscas sempre que...

Os quatro piscas são, na realidade, luzes de perigo ou de emergência, e servem, como o próprio nome indica, para sinalizar eventuais perigos. De acordo com o Código da Estrada, devem ser usados para:

  • Indicar que o veículo representa um perigo especial para outros utentes da via, devido a uma avaria súbita.
  • Assinalar uma repentina redução de velocidade, causada por um acidente, ou engarrafamento do qual não se deu conta anteriormente.
  • Quando ocorre uma imobilização forçada do veículo que ponha em causa a segurança dos restantes condutores.
  • Quando o veículo está a ser rebocado.

Mas há ainda outro caso em que se deve ligar os quatro piscas: quando o sistema principal de luzes (de presença, de cruzamento e de estrada) avaria.

E se os quatro piscas avariarem? Neste caso, e sempre que exista uma imobilização forçada do veículo ou o mesmo esteja a ser rebocado, o condutor deve usar as luzes de presença, se possível.

Não deve usar os quatro piscas quando...

À lista de momentos indicados em que deve usar as luzes de perigo, costuma acrescentar outros? Então é sinal de que não os utiliza corretamente. Assim, evite usar os quatro piscas sempre que:

  • Estacionar ou parar indevidamente o veículo

Não importa se é apenas por 5 minutos - se o local não permitir parar ou estacionar o automóvel, de nada lhe adianta acionar os quatro piscas e pode acabar por ser multado.

  • Agradecer a outro condutor

É costume — e até achamos que faz parte das regras de boa educação da estrada — ligar as luzes de perigo para agradecer a outro condutor por nos facilitar uma ultrapassagem, por exemplo. Porém, aos olhos da lei, não é correto fazê-lo.

 

Coimas previstas

A incorreta utilização das luzes de perigo ou de emergência implica coimas entre os 60 e os 300 euros.

Se gostaria de rever e atualizar conhecimentos de código, segurança rodoviária e obter conselhos e dicas de condução, o curso de atualização ao código da estrada do ACP é uma excelente solução. Além de relembrar esta temática, pode também relembrar outras regras e tirar dúvidas com especialistas. E ainda pode obter um ponto extra (saiba mais sobre a carta por pontos) nos 6 meses anteriores à data limite de renovação da sua carta, desde que não apresente crimes rodoviários ou de álcool.

Se ainda não se iniciou no mundo da condução, escolher uma escola de condução de referência é essencial para conhecer e saber cumprir as regras e garantir o máximo de segurança na estrada.

Conheça melhor os cursos e formação ACP:

SAIBA MAIS

scroll up