Quarta geração do Audi A3 Sportback chega renovada

|AUTOCLUBE

Estética mais desportiva e um interior repleto de soluções digitais, marcam este modelo que vai chegar ao mercado em maio.

Audi-A3-840

Mais comprido e mais largo em cerca de 3 cm relativamente ao seu antecessor, o que beneficia ainda mais o espaço interior, o novo Audi A3 Sportback destaca-se no seu visual exterior pela nova grelha hexagonal em ninho de abelha ladeada por faróis LED, de série, com funções avançadas de iluminação customizada (Matrix digitais nas versões de topo e verticais na versão S Line), além da traseira cada vez mais preenchida por óticas horizontais.

O interior foi concebido com elevada modernidade e uma mão cheia de recursos digitais, quer ao nível da instrumentação (de 10,25” ou, opcionalmente, 12,3” com funções alargadas) como no ecrã central, (de 10,1” e direcionado para o condutor) existindo apenas alguns comandos físicos como os da climatização, controlo de tração/estabilidade e os do quadro de instrumentos (no volante), ladeado por duas grandes saídas de ventilação.

O novo Audi A3 recebeu ainda a mais recente Plataforma Modular de info-entretenimento (MIB3) - dez vezes mais potente do que a do modelo anterior - e que dispõe de reconhecimento de escrita, comando vocal inteligente e funções avançadas de conectividade e navegação em tempo real, além de capacidade de ligar o carro à infraestrutura com benefícios em segurança e condução mais eficiente.

Na Europa vão existir, de entrada, três motores: 1.5 TFSI de 150 cv e 2.0 TDi de 116 e 150 cv, mas pouco depois do lançamento chegam o 1.0 TFSI de três cilindros (110 cv) e uma segunda versão do 1.5 a gasolina, mas com tecnologia mild hybrid e 48 V e uma pequena bateria de iões de lítio.

Nas desacelerações ou travagens leves, o sistema será capaz de recuperar até 12 kW e também de gerar um máximo de 9 kW (13 cv) e 50 Nm nos arranques e retomas de velocidade em regimes intermédios. Outra vantagem deste motor é que permite que o A3 role até 40 segundos com o motor desligado, com benefícios no consumo (poupança anunciada de até quase meio litro por 100 km).

A suspensão do novo A3 não muda muito, com eixo dianteiro McPherson com triângulos inferiores e usando eixo de torção nas rodas traseiras nas versões abaixo de 150 cv e com um mais sofisticado eixo independente multibraços acima dessa potência. O novo Audi A3 Sportback chega ao mercado em maio próximo, com preços a partir dos 30.000 euros.

scroll up