Híbridos Plug-in da Volvo vão ter maior autonomia

|AUTOCLUBE

As novas motorizações vão proporcionar uma autonomia de cerca de 90 km com um único carregamento.

Volvo-XC60-Recharge-900

As novas motorizações para modelos híbridos Plug-in da marca sueca vão estar disponíveis nos modelos S60, V60, XC60, S90, V90 e XC90 Recharge. Esta nova linha irá reforçar a autonomia em modo elétrico destes modelos, que passará a ser de cerca de 90 km com um único carregamento (ciclo WLTP). Estima-se que, em média, o utilizador de um automóvel Premium híbrido plug-in circule cerca de 50 km por dia (segundo os estudos da empresa de consultoria SIGMA). Deste modo, a maioria dos clientes Volvo com capacidade de carregamento doméstico poderá passar a fazer as suas deslocações diárias em modo exclusivamente elétrico.

No leque das melhorias inclui-se uma nova bateria, onde está presente uma terceira camada de células capaz de aumentar a energia nominal de 11.6kWh para 18.8kWh e também um motor elétrico traseiro mais potente, agora com 145 cv. Com esta capacidade elétrica adicional, o total da potência combinada passa para 350 cv nos modelos Recharge T6 e 455 cv nos Recharge T8, fazendo destes últimos, os modelos da Volvo mais potentes de sempre. Para além das novas motorizações, os novos upgrades incluem one-pedal drive em modelos específicos (um modo mais eficiente de regeneração das baterias).

Os novos motores também serão capazes de fornecer uma potência adicional às rodas traseiras na ordem dos 65%, reforçando a performance e o controlo em todas as situações. Para além da nova capacidade da bateria, será possível um maior controlo às quatro rodas motrizes, situação particularmente útil em baixas velocidades, em reboque, ou em situações de estradas escorregadias que necessitem de tração e estabilidade extra.

O one-pedal drive, capaz de proporcionar uma experiência de condução mais suave e intuitiva, passará também a estar incluído nos novos modelos Volvo XC60, S90 e V90 Recharge. Esta função, já conhecida nos modelos 100% elétricos da Volvo, permite controlar a aceleração e a desaceleração somente com o pedal do acelerador.

Recorde-se que a Volvo Cars está fortemente comprometida em ser líder no segmento dos automóveis elétricos Premium. A empresa já anunciou que, a meio da década, pretende atingir 1,2 milhões de viaturas vendidas por ano a nível mundial, com pelo menos, metade da quota a ser preenchida com modelos 100% elétricos. Em 2030, o fabricante pretende comercializar apenas modelos puramente elétricos. Estas unidades podem ser encomendadas desde já, prevendo-se a chegada ao mercado nacional no 1º trimestre de 2022.

scroll up